Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Tyson agride cinegrafista e vai parar em delegacia em São Paulo


Do Diário OnLine

10/11/2005 | 11:50


O boxeador americano Mike Tyson, ex-campeão mundial dos pesos pesados, se envolveu em uma confusão na madrugada desta quinta-feira em São Paulo. Ele agrediu um cinegrafista em uma casa noturna na Zona Sul e acabou tendo de prestar depoimento no 27º Distrito Policial, no Campo Belo.

Tyson estava na boate Bahamas e havia pedido para não ser filmado. Quando percebeu que o cinegrafista Carlos Melo, do SBT, estava com a câmera ligada, partiu para cima do jornalista.

De acordo com Melo, Tyson jogou sua câmera no chão e a quebrou. Depois, o boxeador atirou a câmera na cabeça do repórter, que prestou queixa. O atleta arrancou a fita da máquina.

O americano foi então para a boate Love Story, onde acabou procurado por policiais militares. Após breve negociação ele decidiu se apresentar espontaneamente à delegacia, onde assinou um termo circunstanciado e foi autuado por lesão corporal e danos.

O esportista explicou que havia pedido para não ser filmado, mas não foi atendido. Ele deve comparecer ao fórum na sexta-feira, para conhecer a pena — ele pode ser obrigado a pagar multa, realizar serviços comunitários ou doar cestas básicas a comunidades carentes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tyson agride cinegrafista e vai parar em delegacia em São Paulo

Do Diário OnLine

10/11/2005 | 11:50


O boxeador americano Mike Tyson, ex-campeão mundial dos pesos pesados, se envolveu em uma confusão na madrugada desta quinta-feira em São Paulo. Ele agrediu um cinegrafista em uma casa noturna na Zona Sul e acabou tendo de prestar depoimento no 27º Distrito Policial, no Campo Belo.

Tyson estava na boate Bahamas e havia pedido para não ser filmado. Quando percebeu que o cinegrafista Carlos Melo, do SBT, estava com a câmera ligada, partiu para cima do jornalista.

De acordo com Melo, Tyson jogou sua câmera no chão e a quebrou. Depois, o boxeador atirou a câmera na cabeça do repórter, que prestou queixa. O atleta arrancou a fita da máquina.

O americano foi então para a boate Love Story, onde acabou procurado por policiais militares. Após breve negociação ele decidiu se apresentar espontaneamente à delegacia, onde assinou um termo circunstanciado e foi autuado por lesão corporal e danos.

O esportista explicou que havia pedido para não ser filmado, mas não foi atendido. Ele deve comparecer ao fórum na sexta-feira, para conhecer a pena — ele pode ser obrigado a pagar multa, realizar serviços comunitários ou doar cestas básicas a comunidades carentes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;