Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Encerradas investigaçoes sobre morte de Armando Prazeres


Do Diário do Grande ABC

06/02/1999 | 14:18


O subsecretário de Segurança Pública, Luís Eduardo Soares, deu por encerrada, neste sábado, a investigaçao sobre o assassinato do maestro Armando Prazeres. Segundo Luís Eduardo, o secretário de Segurança Pública, general José Siqueira, ligou para ele de madrugada comunicando que uma testemunha "mostrou provas" de que Alberto Carlos dos Santos, 32 anos, é mesmo o assassino do maestro.

Prazeres foi encontrado morto no mês passado, depois de ter sido seqüestrado na porta de um colégio na Laranjeiras, Zona Sul. Segundo o delegado titular da 21ªDP (Bonsucesso), Jorge Campos, o criminoso foi preso ontem depois de uma troca de tiros entre a polícia e traficantes da favela Arará, em Bonsucesso. "Ele foi autuado aqui, porque estava com um carro roubado e era fugitivo de um presídio. A própria mulher dele é que o denunciou no crime do maestro", explica o delegado.

Como Alberto já foi condenado a 47 anos de prisao por assalto, seqüestro e homicídio. Ele fugiu dos presídios Bangu 2 e Esmeraldina da Bandeira. Alberto foi transferido para a 26ªDP (Todos os Santos). "A carceragem de lá é mais segura", afirma Campos.

Segundo os policiais, o criminoso teria pago a conta de uma hospedagem em um motel na Via Dutra usando o cartao de crédito da vítima. Além disso, as câmeras da Linha Vermelha também flagraram Alberto dirigindo em alta velocidade o Kadett de Armando.

Assassinado com um tiro na nuca, o maestro Armando dos Prazeres foi mais uma vítima de seqüestro relâmpago na cidade. Ele foi levado em seu próprio carro por três homens armados da porta da creche Curiosa Idade, em Laranjeiras. O corpo do músico somente foi localizado pela família três dias depois, no Instituto Médico Legal. Ele foi encontrado por policiais do 4º Batalhao (Sao Cristóvao), na Rua carneiro Campos, com as maos amarradas para trás e um tiro na nuca.

Um dia após o crime, familiares já tinham como certo um seqüestro. Em levantamento feito pelos filhos do maestro, chegou-se a descobrir que foram sacados R$ 600 em cartoes de banco e cartoes de crédito de Armando em quatro locais diferentes. Policiais da Divisao Anti-Seqüestro chegaram a iniciar as investigaçoes sobre o caso.

O assassinato do maestro chocou a sociedade e provocou uma reuniao entre seus cinco filhos com o governador Anthony Garotinho. Liderados por Armando de Oliveira Souza, os filhos do maestro foram pedir ao governador mais empenho da polícia para encontrar os assassinos, pri 06/02/99 12:24 NNN o0031 BRZ/AFP-DVH0 --- r i Eritreia-Etiópia 02-06 0114 Asmara acusa Etiópia de ter lançado ofensiva NAIROBI, 6 fev (AFP) - Asmara acusou a Etiópia de ter lançado hoje ao amanhecer uma ofensiva de grande envergadura na frente do rio Mereb (noroeste da Etiópia e sudoeste da Eritréia), em um comunicado do ministério das relaçoes exteriores. O governo etíope ``desatou a guerra'', diz o comunicado. Anteriormente a Etiópia tinha informado desses combates, acusando Asmara de ser responsável pelo ataque. Ontem Addis Abeba denunciou dois caças da Eritréia por terem bombardeado a cidade de Adigrat, ao norte da Etiópia. Asmara desmentiu formalmente as declaraçoes etíopes, qualificando-as de ``pura invençao''.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Encerradas investigaçoes sobre morte de Armando Prazeres

Do Diário do Grande ABC

06/02/1999 | 14:18


O subsecretário de Segurança Pública, Luís Eduardo Soares, deu por encerrada, neste sábado, a investigaçao sobre o assassinato do maestro Armando Prazeres. Segundo Luís Eduardo, o secretário de Segurança Pública, general José Siqueira, ligou para ele de madrugada comunicando que uma testemunha "mostrou provas" de que Alberto Carlos dos Santos, 32 anos, é mesmo o assassino do maestro.

Prazeres foi encontrado morto no mês passado, depois de ter sido seqüestrado na porta de um colégio na Laranjeiras, Zona Sul. Segundo o delegado titular da 21ªDP (Bonsucesso), Jorge Campos, o criminoso foi preso ontem depois de uma troca de tiros entre a polícia e traficantes da favela Arará, em Bonsucesso. "Ele foi autuado aqui, porque estava com um carro roubado e era fugitivo de um presídio. A própria mulher dele é que o denunciou no crime do maestro", explica o delegado.

Como Alberto já foi condenado a 47 anos de prisao por assalto, seqüestro e homicídio. Ele fugiu dos presídios Bangu 2 e Esmeraldina da Bandeira. Alberto foi transferido para a 26ªDP (Todos os Santos). "A carceragem de lá é mais segura", afirma Campos.

Segundo os policiais, o criminoso teria pago a conta de uma hospedagem em um motel na Via Dutra usando o cartao de crédito da vítima. Além disso, as câmeras da Linha Vermelha também flagraram Alberto dirigindo em alta velocidade o Kadett de Armando.

Assassinado com um tiro na nuca, o maestro Armando dos Prazeres foi mais uma vítima de seqüestro relâmpago na cidade. Ele foi levado em seu próprio carro por três homens armados da porta da creche Curiosa Idade, em Laranjeiras. O corpo do músico somente foi localizado pela família três dias depois, no Instituto Médico Legal. Ele foi encontrado por policiais do 4º Batalhao (Sao Cristóvao), na Rua carneiro Campos, com as maos amarradas para trás e um tiro na nuca.

Um dia após o crime, familiares já tinham como certo um seqüestro. Em levantamento feito pelos filhos do maestro, chegou-se a descobrir que foram sacados R$ 600 em cartoes de banco e cartoes de crédito de Armando em quatro locais diferentes. Policiais da Divisao Anti-Seqüestro chegaram a iniciar as investigaçoes sobre o caso.

O assassinato do maestro chocou a sociedade e provocou uma reuniao entre seus cinco filhos com o governador Anthony Garotinho. Liderados por Armando de Oliveira Souza, os filhos do maestro foram pedir ao governador mais empenho da polícia para encontrar os assassinos, pri 06/02/99 12:24 NNN o0031 BRZ/AFP-DVH0 --- r i Eritreia-Etiópia 02-06 0114 Asmara acusa Etiópia de ter lançado ofensiva NAIROBI, 6 fev (AFP) - Asmara acusou a Etiópia de ter lançado hoje ao amanhecer uma ofensiva de grande envergadura na frente do rio Mereb (noroeste da Etiópia e sudoeste da Eritréia), em um comunicado do ministério das relaçoes exteriores. O governo etíope ``desatou a guerra'', diz o comunicado. Anteriormente a Etiópia tinha informado desses combates, acusando Asmara de ser responsável pelo ataque. Ontem Addis Abeba denunciou dois caças da Eritréia por terem bombardeado a cidade de Adigrat, ao norte da Etiópia. Asmara desmentiu formalmente as declaraçoes etíopes, qualificando-as de ``pura invençao''.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;