Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sexagenário suspeito de 18 assassinatos é preso na França


Da AFP

28/11/2007 | 09:53


Um homem de 68 anos, que entre 1980 e 2002 teria assassinado 18 pessoas, principalmente homossexuais, foi detido nesta terça-feira em Mulhouse (leste), informaram nesta quarta-feira fontes judiciais.

O suspeito é transformista e seu suposto cúmplice, condenado por homicídio e atualmente preso, foi levado a Montbelliard onde o sexagenário está detido, segundo a imprensa.

De acordo com a promotoria, os dois homens negam envolvimento e até agora não existe "nenhuma fonte formal" contra eles.

A maioria dos crimes aconteceu no leste da França, e três na região parisiense. Segundo o jornal L'Alsace, foi apenas pela dedicação de um policial, que investigava um crime cometido em 1991, que se chegou ao sexagenário.

O policial percebeu que o nome do suposto assassino aparecia em inúmeros casos não esclarecidos. Também constatou que os crimes tinham vários aspectos comuns: as vítimas eram mortas por um golpe violento na cabeça e, depois, apunhalas.

A cabeça ficava coberta, mas o corpo estava parcialmente desnudo. Vários dos casos de assassinato tinham sido arquivados por falta de elementos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sexagenário suspeito de 18 assassinatos é preso na França

Da AFP

28/11/2007 | 09:53


Um homem de 68 anos, que entre 1980 e 2002 teria assassinado 18 pessoas, principalmente homossexuais, foi detido nesta terça-feira em Mulhouse (leste), informaram nesta quarta-feira fontes judiciais.

O suspeito é transformista e seu suposto cúmplice, condenado por homicídio e atualmente preso, foi levado a Montbelliard onde o sexagenário está detido, segundo a imprensa.

De acordo com a promotoria, os dois homens negam envolvimento e até agora não existe "nenhuma fonte formal" contra eles.

A maioria dos crimes aconteceu no leste da França, e três na região parisiense. Segundo o jornal L'Alsace, foi apenas pela dedicação de um policial, que investigava um crime cometido em 1991, que se chegou ao sexagenário.

O policial percebeu que o nome do suposto assassino aparecia em inúmeros casos não esclarecidos. Também constatou que os crimes tinham vários aspectos comuns: as vítimas eram mortas por um golpe violento na cabeça e, depois, apunhalas.

A cabeça ficava coberta, mas o corpo estava parcialmente desnudo. Vários dos casos de assassinato tinham sido arquivados por falta de elementos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;