Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Novo medicamento é eficaz no tratamento da artrite reumatóide


Da AFP

14/06/2007 | 17:12


Três novos tipos de medicamentos pesquisados por uma equipe austríaca abrirão uma nova era na luta contra a artrite reumatóide, segundo um informe publicado na edição digital da revista médica The Lancet.

Josef Smolen, professor de Reumatologia da Universidade de Medicina de Viena, trabalhou com os compostos Rituximab e Abatacept, já autorizados para o tratamento desta doença, e o Tocilizumab, que está na fase final dos testes clínicos. A administração destes fármacos mostrou uma redução progressiva dos sintomas de artrite em 40% dos pacientes.

A artrite reumatóide é a inflamação crônica das articulações, que também afeta as cartilagens e os ossos, causando rigidez e muita dor. Segundo estatísticas, a doença afeta de 0,5% a 1% da população.

Os novos medicamentos agem contra as células do próprio corpo humano que desatam este ataque. Segundo seus formuladores, o tratamento é eficaz por si só ou combinado com outros tratamentos, embora também apontem que foram detectados efeitos colaterais como cefaléia, erupções na pele e febre.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novo medicamento é eficaz no tratamento da artrite reumatóide

Da AFP

14/06/2007 | 17:12


Três novos tipos de medicamentos pesquisados por uma equipe austríaca abrirão uma nova era na luta contra a artrite reumatóide, segundo um informe publicado na edição digital da revista médica The Lancet.

Josef Smolen, professor de Reumatologia da Universidade de Medicina de Viena, trabalhou com os compostos Rituximab e Abatacept, já autorizados para o tratamento desta doença, e o Tocilizumab, que está na fase final dos testes clínicos. A administração destes fármacos mostrou uma redução progressiva dos sintomas de artrite em 40% dos pacientes.

A artrite reumatóide é a inflamação crônica das articulações, que também afeta as cartilagens e os ossos, causando rigidez e muita dor. Segundo estatísticas, a doença afeta de 0,5% a 1% da população.

Os novos medicamentos agem contra as células do próprio corpo humano que desatam este ataque. Segundo seus formuladores, o tratamento é eficaz por si só ou combinado com outros tratamentos, embora também apontem que foram detectados efeitos colaterais como cefaléia, erupções na pele e febre.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;