Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PF precisa investigar dinheiro encontrado com petistas, diz advogado


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

22/09/2006 | 16:22


Após o depoimento de seu cliente, o ex-assessor da campanha de Lula Jorge Lorenzetti, o advogado Aldo de Campos Costa afirmou que a PF (Polícia Federal) precisa investigar a origem do dinheiro encontrado com duas pessoas ligadas ao PT para a negociação de um dossiê contra políticos do PSDB.

O ex-assessor alegou que foi surpreendido com a notícia do dinheiro para compra do documento, pois não autorizou nenhuma negociação financeira com o empresário da Planam (empresa acusada de liderar a ‘máfia das ambulâncias’), Luiz Antônio Trevisan Vedoin.

Ao ser indagado pelos jornalistas sobre a origem do dinheiro, o advogado afirmou que a investigação da PF deve esclarecer. “Isso deve ser averiguado pela Polícia Federal. Havia outros interesses em jogo, de outros órgãos e pessoas”, disse. Novamente perguntado sobre quais seriam esses interesses, o advogado declarou que eram “das pessoas que já foram citadas pela imprensa”.

Segundo Lorenzetti, três pessoas participaram de encontros com empresários da Planam para analisar os documentos: o ex-agente da PF e funcionário da campanha Gedimar Passos, o ex-diretor do Banco do Brasil Expedito Veloso e o ex-secretário executivo do Ministério do Trabalho Oswaldo Bargas. Contudo, o advogado afirmou que o presidente do PT, Ricardo Berzoini, não tinha nenhuma responsabilidade sobre o caso.

O advogado reiterou que Jorge Lorenzetti não foi indiciado e continua na investigação como testemunha. A PF ainda ouve nesta sexta-feira mais dois depoimentos sobre o caso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;