Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Marinho assina contratos de R$ 24 mi com a Caixa

Ao todo, nove projetos receberão recursos do banco federal


Fábio Munhoz

26/02/2011 | 07:02


A Prefeitura de São Bernardo assinou ontem nove contratos com a Caixa Econômica Federal que, ao todo, somam R$ 23,9 milhões. As assinaturas foram feitas durante o chamado Dia Caixa, evento em que representantes do banco passam o dia nas administrações municipais para fechar parcerias e conhecer projetos.

São Bernardo foi a primeira cidade do País a receber o evento. A presidente em exercício da Caixa, Clarice Coppetti, elogiou a Prefeitura e declarou que a escolha do município foi motivada pela grande quantidade de projetos apresentados pelo poder público municipal. "A Prefeitura de São Bernardo tem demonstrado grande capacidade técnica e uma qualidade de intervenção da sua equipe no espaço urbano."

Ainda não há programação definida das próximas cidades que sediarão o Dia Caixa. "Aqui é o piloto que estamos fazendo, para ver se a gente precisa ajustar mais alguma coisa ou fazer um formato diferente", explica.

O prefeito Luiz Marinho (PT) atribuiu a grande quantidade de projetos à ausência do governo anterior. "Estamos recuperando anos de atraso. A preocupação com a falta de investimentos no passado nos levou a conquistar projetos importantes", comentou o chefe do Executivo.

Entre as obras que serão feitas com o repasse federal estão a revitalização do Parque Estoril, pavimentação e drenagem na Vila São Pedro e Avenida Amazonas, reforma de cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde serão implantadas ações de saúde bucal, além de investimentos no Ginásio do Baetão. As intervenções deverão ter início apenas no fim do ano, já que demandam aprovação de documentação e processo licitatório.

 

PAC

Além dos contratos assinados ontem, São Bernardo receberá, ao todo, R$ 1,2 bilhão para obras. A verba faz parte dos PACs (Programas de Aceleração do Crescimento) 1 e 2. Segundo a Caixa, o montante representa 10% do total de recursos aplicados em todo o Estado de São Paulo.

A obra de maior destaque é a construção de uma galeria pluvial sob a Rua Jurubatuba, no Centro. O objetivo é reduzir as enchentes na região. Serão destinados R$ 200 milhões para a intervenção, que, segundo Marinho, precisa de mais R$ 400 milhões para ser finalizada. "Estou ansioso para o PAC 3", brinca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marinho assina contratos de R$ 24 mi com a Caixa

Ao todo, nove projetos receberão recursos do banco federal

Fábio Munhoz

26/02/2011 | 07:02


A Prefeitura de São Bernardo assinou ontem nove contratos com a Caixa Econômica Federal que, ao todo, somam R$ 23,9 milhões. As assinaturas foram feitas durante o chamado Dia Caixa, evento em que representantes do banco passam o dia nas administrações municipais para fechar parcerias e conhecer projetos.

São Bernardo foi a primeira cidade do País a receber o evento. A presidente em exercício da Caixa, Clarice Coppetti, elogiou a Prefeitura e declarou que a escolha do município foi motivada pela grande quantidade de projetos apresentados pelo poder público municipal. "A Prefeitura de São Bernardo tem demonstrado grande capacidade técnica e uma qualidade de intervenção da sua equipe no espaço urbano."

Ainda não há programação definida das próximas cidades que sediarão o Dia Caixa. "Aqui é o piloto que estamos fazendo, para ver se a gente precisa ajustar mais alguma coisa ou fazer um formato diferente", explica.

O prefeito Luiz Marinho (PT) atribuiu a grande quantidade de projetos à ausência do governo anterior. "Estamos recuperando anos de atraso. A preocupação com a falta de investimentos no passado nos levou a conquistar projetos importantes", comentou o chefe do Executivo.

Entre as obras que serão feitas com o repasse federal estão a revitalização do Parque Estoril, pavimentação e drenagem na Vila São Pedro e Avenida Amazonas, reforma de cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde serão implantadas ações de saúde bucal, além de investimentos no Ginásio do Baetão. As intervenções deverão ter início apenas no fim do ano, já que demandam aprovação de documentação e processo licitatório.

 

PAC

Além dos contratos assinados ontem, São Bernardo receberá, ao todo, R$ 1,2 bilhão para obras. A verba faz parte dos PACs (Programas de Aceleração do Crescimento) 1 e 2. Segundo a Caixa, o montante representa 10% do total de recursos aplicados em todo o Estado de São Paulo.

A obra de maior destaque é a construção de uma galeria pluvial sob a Rua Jurubatuba, no Centro. O objetivo é reduzir as enchentes na região. Serão destinados R$ 200 milhões para a intervenção, que, segundo Marinho, precisa de mais R$ 400 milhões para ser finalizada. "Estou ansioso para o PAC 3", brinca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;