Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Promotora não fala sobre o caso


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

08/06/2008 | 07:04


A promotora pública Patrícia Maria Sanvito Moroni, que recebeu em 25 de abril o relato com as acusações do reitor afastado Odair Bermelho, não quis comentar o conteúdo do documento à imprensa.

O desvio de verba informado por Bermelho teria ocorrido em um período que já foi objeto de investigação pela Vara de Fundações do Ministério Público, da qual Patrícia é responsável. Apesar da existência de um recibo de papelaria de R$ 150 mil para justificar parte do pagamento de uma obra, o fato não foi comunicado à Justiça.

O Diário chegou a enviar um e-mail com perguntas para Patrícia à assessoria de imprensa do Ministério Público, comprometendo-se a publicar a íntegra das respostas da promotora, mas não obteve retorno.
Patrícia é a promotora que deve confirmar se o afastamento de Bermelho, decidido pelo Conselho Diretor da Fundação há dez dias, tem validade. Ela está com a ata da reunião desde segunda-feira passada, mas ainda não se manifestou sobre o caso.

Paralelamente à atuação da promotora Patrícia, o Gaerco já ouviu cerca de dez pessoas nas investigações sobre a Fundação Santo André. A equipe de promotores dividiu a apuração em duas partes, sendo o desvio de verbas evidenciado pelo recibo de papelaria uma delas. Os promotores afirmam que ainda precisam fazer mais alguns interrogatórios antes de concluir o processo, mas estipulam prazo até 30 de julho para que a apuração seja concluída.

O advogado de Odair Bermelho, Sérgio Schecaire, confirmou todo o conteúdo do documento entregue por Bermelho à promotora Patrícia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Promotora não fala sobre o caso

Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

08/06/2008 | 07:04


A promotora pública Patrícia Maria Sanvito Moroni, que recebeu em 25 de abril o relato com as acusações do reitor afastado Odair Bermelho, não quis comentar o conteúdo do documento à imprensa.

O desvio de verba informado por Bermelho teria ocorrido em um período que já foi objeto de investigação pela Vara de Fundações do Ministério Público, da qual Patrícia é responsável. Apesar da existência de um recibo de papelaria de R$ 150 mil para justificar parte do pagamento de uma obra, o fato não foi comunicado à Justiça.

O Diário chegou a enviar um e-mail com perguntas para Patrícia à assessoria de imprensa do Ministério Público, comprometendo-se a publicar a íntegra das respostas da promotora, mas não obteve retorno.
Patrícia é a promotora que deve confirmar se o afastamento de Bermelho, decidido pelo Conselho Diretor da Fundação há dez dias, tem validade. Ela está com a ata da reunião desde segunda-feira passada, mas ainda não se manifestou sobre o caso.

Paralelamente à atuação da promotora Patrícia, o Gaerco já ouviu cerca de dez pessoas nas investigações sobre a Fundação Santo André. A equipe de promotores dividiu a apuração em duas partes, sendo o desvio de verbas evidenciado pelo recibo de papelaria uma delas. Os promotores afirmam que ainda precisam fazer mais alguns interrogatórios antes de concluir o processo, mas estipulam prazo até 30 de julho para que a apuração seja concluída.

O advogado de Odair Bermelho, Sérgio Schecaire, confirmou todo o conteúdo do documento entregue por Bermelho à promotora Patrícia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;