Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Luiza Brunet perde ação que movia contra Lírio Parisotto

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


29/05/2018 | 09:12


Luiza Brunet perdeu a ação de reconhecimento de união estável que movia contra o empresário Lirio Parisotto. De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal O Dia, o juiz Leonardo Aigner Ribeiro, da 4ª Vara de Família e Sucessões de São Paulo, definiu que além de não ter a união estável reconhecida, Luiza terá que arcar com as custas processuais da ação, que estariam em cerca de um milhão de reais.

Na ação, a mãe de Yasmin Brunet teria pedido cerca de 100 milhões de reais ao ex, pois, segundo ela, eles ficaram juntos por cinco anos com marido e mulher, o que lhe daria direito a metade dos bens ganhos pelo empresário neste tempo. a modelo pedia R$ 100 milhões ao ex, pois, segundo ela, eles viveram por cinco anos como marido e mulher, o que daria direito a metade dos bens ganhos por Parisotto neste tempo.

Em 2017, Parisotto foi condenado a um ano de prestação de serviços em uma ação movida também por Luiza Brunet, que o acusou de tê-la agredido em um quarto de hotel. O empresário é considerado um dos homens mais ricos do Brasil e, segundo a revista Forbes, possui uma fortuna estimada em quatro bilhões de reais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luiza Brunet perde ação que movia contra Lírio Parisotto


29/05/2018 | 09:12


Luiza Brunet perdeu a ação de reconhecimento de união estável que movia contra o empresário Lirio Parisotto. De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal O Dia, o juiz Leonardo Aigner Ribeiro, da 4ª Vara de Família e Sucessões de São Paulo, definiu que além de não ter a união estável reconhecida, Luiza terá que arcar com as custas processuais da ação, que estariam em cerca de um milhão de reais.

Na ação, a mãe de Yasmin Brunet teria pedido cerca de 100 milhões de reais ao ex, pois, segundo ela, eles ficaram juntos por cinco anos com marido e mulher, o que lhe daria direito a metade dos bens ganhos pelo empresário neste tempo. a modelo pedia R$ 100 milhões ao ex, pois, segundo ela, eles viveram por cinco anos como marido e mulher, o que daria direito a metade dos bens ganhos por Parisotto neste tempo.

Em 2017, Parisotto foi condenado a um ano de prestação de serviços em uma ação movida também por Luiza Brunet, que o acusou de tê-la agredido em um quarto de hotel. O empresário é considerado um dos homens mais ricos do Brasil e, segundo a revista Forbes, possui uma fortuna estimada em quatro bilhões de reais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;