Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Banda Razzy cai na estrada


Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

08/01/2012 | 07:00


Rock com eletrônico. Esse é o som da Razzy, que deve começar a divulgar o primeiro CD da carreira Universo, entre fevereiro e março. Os cariocas gravaram as 12 faixas, sendo duas em inglês no Platinum Sound Studios, em Nova York, mesmo lugar em que Justin Bieber passou.

"O resultado deixou todos felizes. Trabalhamos com profissionais qualificados", ressalta o vocalista William. Como queriam fazer som diferente do cenário atual do rock, ele admite que não foi fácil no início. As gravadoras curtiam o som, mas não botavam fé. "Precisa ter coragem para assumir o estilo. Não importa o que está rolando, não tem de ser cópia da cópia."

Na hora de compor, o vocalista conta que tudo serve de inspiração. "Tento refletir sobre situações da minha geração." Por isso, ele acredita que o ingle Universo caiu no gosto da galera. "É a música que deu sentido ao disco. Fala de uma noite maravilhosa e de como é lembrar de tudo o que aconteceu." Quem nunca viveu uma noite dessas?

A Razzy curte as bandas The Killers, Muse, Kings of Leon, U2 e Coldplay, além de ícones dos anos 1980 do Brasil como Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Cazuza, Lulu Santos, além da Pitty.

DESTINO?

A sintonia foi imediata entre os garotos - Luiz (baixo), Diogo (batera) e Lucas (guitarra) - que se conheceram em bar carioca em 2008. Para William, nada acontece por acaso. "Acredito em energia. Quando coloca algo na cabeça, o Universo conspira para que as peças certas se encontrem", diz o vocalista, que montou a Razzy após morar dois anos na lnglaterra.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Banda Razzy cai na estrada

Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

08/01/2012 | 07:00


Rock com eletrônico. Esse é o som da Razzy, que deve começar a divulgar o primeiro CD da carreira Universo, entre fevereiro e março. Os cariocas gravaram as 12 faixas, sendo duas em inglês no Platinum Sound Studios, em Nova York, mesmo lugar em que Justin Bieber passou.

"O resultado deixou todos felizes. Trabalhamos com profissionais qualificados", ressalta o vocalista William. Como queriam fazer som diferente do cenário atual do rock, ele admite que não foi fácil no início. As gravadoras curtiam o som, mas não botavam fé. "Precisa ter coragem para assumir o estilo. Não importa o que está rolando, não tem de ser cópia da cópia."

Na hora de compor, o vocalista conta que tudo serve de inspiração. "Tento refletir sobre situações da minha geração." Por isso, ele acredita que o ingle Universo caiu no gosto da galera. "É a música que deu sentido ao disco. Fala de uma noite maravilhosa e de como é lembrar de tudo o que aconteceu." Quem nunca viveu uma noite dessas?

A Razzy curte as bandas The Killers, Muse, Kings of Leon, U2 e Coldplay, além de ícones dos anos 1980 do Brasil como Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Cazuza, Lulu Santos, além da Pitty.

DESTINO?

A sintonia foi imediata entre os garotos - Luiz (baixo), Diogo (batera) e Lucas (guitarra) - que se conheceram em bar carioca em 2008. Para William, nada acontece por acaso. "Acredito em energia. Quando coloca algo na cabeça, o Universo conspira para que as peças certas se encontrem", diz o vocalista, que montou a Razzy após morar dois anos na lnglaterra.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;