Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Necessidade de gols coloca o Ramalhão em estado de alerta


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

27/09/2005 | 08:14


O ataque do Santo André, que ainda não funcionou nesta segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série B, precisa mudar a história. Caso contrário, o Ramalhão estará fora da disputa de uma das duas vagas do acesso à elite do futebol. Em dois jogos, o time do Grande ABC não balançou a rede e acabou derrotado pelo Grêmio, dentro de casa (1 a 0), na primeira rodada, e pelo Santa Cruz, no Recife (3 a 0), no último fim de semana. Trocando em miúdos: ou os gols acontecem ou a equipe terá de amargar mais um ano na Segundona.

O próximo desafio é o Avaí, no sábado, em Florianópolis (SC), a última partida de ida e a segunda consecutiva fora de casa. Com três pontos conquistados, o Santo André ganharia fôlego, já que joga as duas seguintes no estádio Bruno Daniel. Somaria, assim, nove pontos e seguraria os adversários Grêmio e Santa Cruz, deixando para decidir seu futuro na última rodada, diante do tricolor gaúcho, no Olímpico.

O empate não é suficiente para as pretensões do Ramalhão na competição. Em último lugar no Grupo A, a falta de gols prejudica a equipe no saldo. Por isso, o time do Grande ABC ocupa a lanterna. Levou quatro gols e não fez nenhum. O adversário da próxima rodada vive situação parecida, mas fez ao menos um gol e, sendo assim, está em terceiro lugar. Quem perder está fora da seqüência do campeonato.

O técnico Sérgio Soares, sabendo disso, tenta de tudo. O treinador optou até pela entrada de Makanaki na partida contra o Santa Cruz, no lugar de Sandro Gaúcho, que não vem rendendo, mas a mudança não foi suficiente. O mais provável é que o grande ídolo da torcida retome sua condição de titular, ao lado de Rodrigão. Isso tudo sem pressão em cima dos atacantes, já que uma cobrança maior pode criar uma ansiedade negativa.

Segunda-feira, o grupo ganhou o dia de folga, já que retornou no domingo de Pernambuco. Nesta terça-feira, na reapresentação, Sérgio Soares conversa com o elenco para mostrar a importância do momento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;