Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Segunda prévia do IGPM aponta inflaçao de 1,13%


Do Diário do Grande ABC

20/09/1999 | 21:57


A inflaçao entre os dias 21 de agosto e 10 de setembro foi de 1,13%, segundo a segunda prévia do Indice Geral de Preços do Mercado (IGPM), da Fundaçao Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ), que mediu a alta de preços durante o período. O índice foi 0,08% inferior ao da segunda prévia registrada em agosto.

A variaçao foi resultado da alta de 1,62% dos preços no atacado, o de maior importância no cálculo da taxa. O Indice de Preços ao Consumidor (IPC) aumentou apenas 0,41%, e o Indice Nacional dos Custos da Construçao (INCC), de menor peso no IGP-M aumentou 0,68% neste período.

O chefe do Centro de Estudos de Preços do Instituto Brasileiro de Economia da FGV-RJ, Paulo Sidney Mello Cota, previu inflaçao em torno de 1,30% neste mês, medida pelo IGPM.

O aumento de 1,84% dos preços dos produtos agrícolas, que contribuiu fortemente para a inflaçao no atacado, surpreendeu Mello Cota. "Nesta época, eles geralmente têm variaçao negativa", afirmou o economista, apontando como causas do fenômeno a alta do dólar e oferta insuficiente de alguns produtos, como o feijao, que aumentou 37,9%, e o açúcar, cuja alta foi de 4,82%.

Mello Cota alertou que a elevaçao da temperatura esperada para o fim do ano também deve prejudicar a safra dos produtos agrícolas. O desempenho do dólar também contribuiu para a variaçao de 1,13% dos preços dos produtos industriais, de acordo com o economista da FGV-RJ.

Os bens de consumo, em compensaçao, tiveram alta menor do que a registrada na segunda prévia do IGPM de agosto, que ficou em 0,77%. Entre os itens que contribuíram para o resultado estao o transporte, que aumentou 0,98% depois de elevar-se 3 63% no mesmo período no mês passado, e os serviços de saúde e cuidados pessoais, que aumentaram apenas 0,39%, em comparaçao com a de 1,19% na segunda prévia do IGPM de agosto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;