Fechar
Publicidade

Domingo, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

FIA vai reavaliar batida e Vettel pode sofrer punição mais dura na F-1

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


28/06/2017 | 16:12


A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta quarta-feira que vai reexaminar a batida do alemão Sebastian Vettel no inglês Lewis Hamilton ocorrida no GP do Azerbaijão de Fórmula 1, no domingo passado. Com a decisão, a entidade abriu a possibilidade de aplicar punição mais severa ao alemão, que lidera o campeonato.

Vettel havia sido punido com uma parada de dez segundos nos boxes, ainda durante a corrida disputada na cidade de Baku. Especialistas criticaram a decisão, que seria branda demais. O alemão recebeu a sanção por ter batido na traseira de Hamilton quando os carros estavam andando enfileirado, a baixa velocidade, sob o safety car.

Na sequência, Vettel mostrou irritação, culpando Hamilton pelo toque, e emparelhou ao lado da Mercedes do inglês. Em seguida, jogou sua Ferrari sobre o rival, batendo pneu com pneu. O alemão alegou que Hamilton teria desacelerado de forma repentina, induzindo-o ao choque na traseira.

No início da semana, dados de telemetria mostraram que Hamilton não teria desacelerado repentinamente ou não teria freado momentos antes da colisão. Com base nestas informações, a FIA decidiu reavaliar a punição aplicada pelos comissários durante a corrida.

"A FIA vai examinar novamente as causas do incidente com o objetivo de avaliar se novas ações serão necessárias", disse a entidade, em nota. A decisão será anunciada na próxima segunda-feira, no início da semana do GP da Áustria, que será disputado no dia 9 de julho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

FIA vai reavaliar batida e Vettel pode sofrer punição mais dura na F-1


28/06/2017 | 16:12


A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta quarta-feira que vai reexaminar a batida do alemão Sebastian Vettel no inglês Lewis Hamilton ocorrida no GP do Azerbaijão de Fórmula 1, no domingo passado. Com a decisão, a entidade abriu a possibilidade de aplicar punição mais severa ao alemão, que lidera o campeonato.

Vettel havia sido punido com uma parada de dez segundos nos boxes, ainda durante a corrida disputada na cidade de Baku. Especialistas criticaram a decisão, que seria branda demais. O alemão recebeu a sanção por ter batido na traseira de Hamilton quando os carros estavam andando enfileirado, a baixa velocidade, sob o safety car.

Na sequência, Vettel mostrou irritação, culpando Hamilton pelo toque, e emparelhou ao lado da Mercedes do inglês. Em seguida, jogou sua Ferrari sobre o rival, batendo pneu com pneu. O alemão alegou que Hamilton teria desacelerado de forma repentina, induzindo-o ao choque na traseira.

No início da semana, dados de telemetria mostraram que Hamilton não teria desacelerado repentinamente ou não teria freado momentos antes da colisão. Com base nestas informações, a FIA decidiu reavaliar a punição aplicada pelos comissários durante a corrida.

"A FIA vai examinar novamente as causas do incidente com o objetivo de avaliar se novas ações serão necessárias", disse a entidade, em nota. A decisão será anunciada na próxima segunda-feira, no início da semana do GP da Áustria, que será disputado no dia 9 de julho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;