Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Policial mata colega durante troca de tiros


Do Diário do Grande ABC

27/06/2000 | 08:22


Durante uma açao infeliz da Polícia Militar, segundo o tenente-coronel Wilson Possebon, comandante do 13º Batalhao, o soldado Antônio Borges de Souza, de 49 anos, da 3ª Companhia do 11º Batalhao, foi morto no final da noite desta segunda-feira, na regiao central da cidade de Sao Paulo, durante troca de tiros com um outro policial militar, fardado, Cristiano Wirthnann, 27, da 4ª Companhia do 13º Batalhao. Há 24 anos na Coorporaçao, Souza pretendia se aposentar ainda este ano.

Por volta das 23h, um motoqueiro, nao identificado, avisou os policiais de uma viatura do Tático Móvel, na avenida do Estado, que um homem armado havia tentado roubar sua moto na rua José Vicente, próximo à Unidade da Febem do Brás.

O policial militar Cristiano Wirthnann, que estava na viatura, pegou uma carona com o motoqueiro e foi até o local indicado. Chegando na rua José Vicente, Cristiano abordou Antônio Borges, que estava à paisana, mas foi recebido a tiros. Durante o tiroteio, o motoqueiro, nao identificado, acabou fugindo, e o soldado, à paisana, que foi baleado no peito, morreu ao ser socorrido no Pronto do Pari. Ferido em uma das pernas, Cristiano Wirthnann foi encaminhado ao Hospital Militar.

O caso foi registrado no 12º Distrito Policial, de Pari, zona Norte de Sao Paulo, pelo delegado Genny Nishiwaki. A Polícia está á procura do motoqueiro, a fim de esclarecer se o policial morto teria realmente praticado o assalto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Policial mata colega durante troca de tiros

Do Diário do Grande ABC

27/06/2000 | 08:22


Durante uma açao infeliz da Polícia Militar, segundo o tenente-coronel Wilson Possebon, comandante do 13º Batalhao, o soldado Antônio Borges de Souza, de 49 anos, da 3ª Companhia do 11º Batalhao, foi morto no final da noite desta segunda-feira, na regiao central da cidade de Sao Paulo, durante troca de tiros com um outro policial militar, fardado, Cristiano Wirthnann, 27, da 4ª Companhia do 13º Batalhao. Há 24 anos na Coorporaçao, Souza pretendia se aposentar ainda este ano.

Por volta das 23h, um motoqueiro, nao identificado, avisou os policiais de uma viatura do Tático Móvel, na avenida do Estado, que um homem armado havia tentado roubar sua moto na rua José Vicente, próximo à Unidade da Febem do Brás.

O policial militar Cristiano Wirthnann, que estava na viatura, pegou uma carona com o motoqueiro e foi até o local indicado. Chegando na rua José Vicente, Cristiano abordou Antônio Borges, que estava à paisana, mas foi recebido a tiros. Durante o tiroteio, o motoqueiro, nao identificado, acabou fugindo, e o soldado, à paisana, que foi baleado no peito, morreu ao ser socorrido no Pronto do Pari. Ferido em uma das pernas, Cristiano Wirthnann foi encaminhado ao Hospital Militar.

O caso foi registrado no 12º Distrito Policial, de Pari, zona Norte de Sao Paulo, pelo delegado Genny Nishiwaki. A Polícia está á procura do motoqueiro, a fim de esclarecer se o policial morto teria realmente praticado o assalto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;