Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Preocupação com segurança atrapalha futebol de Renan



29/11/2004 | 10:20


Diante do Internacional, na sofrida vitória de virada, por 2 a 1, no sábado, um jogador do São Paulo destoou dos demais companheiros. O volante Renan, marcado pela força física e antecipação nos desarmes, estava nervoso e distribuiu alguns pontapés na partida. Saiu barato o cartão amarelo. Uma das explicações para a mudança de atitude do atleta está no medo, na preocupação com sua segurança.

Há 10 dias Renan trocou o carinho da mãe, dos familiares, o calor dos amigos de infância e o amor declarado por Caieiras, sua cidade natal, para morar no CT da Barra Funda. "Meu sonho era morar a vida toda em Caieiras, mas infelizmente já estudo comprar casa fora da cidade", revela. O supervisor de Futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, chegou a oferecer um apartamento seu, em Perdizes, para o volante morar. "Minha mãe não quis vir, afinal sua vida está relacionada com Caieiras", conforma-se.

Desde que comprou um carro zero, em 36 prestações, como gosta de frisar, está sendo observado, perseguido. O medo de seqüestro o levou a morar no CT, a deixar de freqüentar um clube, de ver a garotada dando os primeiros passos no futebol, a comer em churrascaria da cidade. Ficar batendo papo no portão, nem pensar. "Chegava, guardava o carro e me trancava. Evitava até o quintal."

Falsos amigos também seriam motivo para a troca de lar. "Há interesseiros, aqueles que viraram as costas nos momentos difíceis." Hoje, mata a saudade em longos papos por telefone. Sente falta dos cafunés. Daqueles elogios que só mãe sabe fazer. Mas aproveita a estrutura do CT para não pirar. "Aqui é igual um hotel cinco estrelas, tem TV, DVD, sala de jogos, computadores. Acaba distraindo." O bom é que economiza com gasolina e pode dormir uma hora a mais antes dos treinos, normalmente, às 8h30.

Contra o Vitória, domingo, no Barradão, Renan fará dupla com seu mestre, seu incentivador e conselheiro, César Sampaio. Alê está suspenso, assim como Fabão - ambos receberam o terceiro cartão amarelo diante do Inter. Edcarlos jogará na defesa.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;