Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalhadores da Colgate aceitam abono de R$ 320


Do Diário do Grande ABC

18/11/2004 | 10:28


Os trabalhadores da Colgate, de São Bernardo, aprovaram nesta quarta, em duas assembléias, a proposta de aumento salarial da empresa, que prevê abono de R$ 320 fixos acima dos 8% negociados oficialmente pela categoria.

Com a decisão, o Sindicato dos Químicos do ABC afasta a possibilidade de greve na empresa. No último sábado, os trabalhadores da Colgate paralisaram por oito horas a linha de produção.

"Os trabalhadores aprovaram a proposta por maioria. Não foi unanimidade, pois alguns trabalhadores queriam aumento maior", afirma Wanderley Salatiel, diretor do sindicato e coordenador regional de São Bernardo.

Nesta quarta, os comerciários da Força Sindical assinaram acordo com o Sincodives (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado de São Paulo), que prevê reajuste salarial de 7%. A proposta compreende, além do Sindicato dos Comerciários do ABC, outros 57 sindicatos do Estado de São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trabalhadores da Colgate aceitam abono de R$ 320

Do Diário do Grande ABC

18/11/2004 | 10:28


Os trabalhadores da Colgate, de São Bernardo, aprovaram nesta quarta, em duas assembléias, a proposta de aumento salarial da empresa, que prevê abono de R$ 320 fixos acima dos 8% negociados oficialmente pela categoria.

Com a decisão, o Sindicato dos Químicos do ABC afasta a possibilidade de greve na empresa. No último sábado, os trabalhadores da Colgate paralisaram por oito horas a linha de produção.

"Os trabalhadores aprovaram a proposta por maioria. Não foi unanimidade, pois alguns trabalhadores queriam aumento maior", afirma Wanderley Salatiel, diretor do sindicato e coordenador regional de São Bernardo.

Nesta quarta, os comerciários da Força Sindical assinaram acordo com o Sincodives (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Estado de São Paulo), que prevê reajuste salarial de 7%. A proposta compreende, além do Sindicato dos Comerciários do ABC, outros 57 sindicatos do Estado de São Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;