Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Querosene sintético: voo é realizado com combustível a base de CO2, água, energia renovável do sol e vento

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do Garagem360

10/02/2021 | 10:18


Pela primeira vez no mundo, um voo de passageiros parcialmente realizado com querosene sintético produzido de forma sustentável foi realizado na Holanda. O anúncio foi feito quarta-feira (8) durante a conferência internacional sobre Combustíveis Sustentáveis Sintéticos de Aviação (SAF) em Haia.

O primeiro voo comercial de passageiros partiu do aeroporto Schiphol de Amsterdã para Madrid no mês passado – mas só foi divulgado essa semana. Ele foi realizado com uma mistura de 500 litros de querosene sintético sustentável. A Shell produziu o combustível em seu centro de pesquisa em Amsterdã com base em CO2, água e energia renovável do sol e vento. A KLM foi a operadora do voo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link

O vídeo (em inglês) da produção do combustível ao abastecimento pode ser visto aqui.

A Holanda é um dos países da Europa que visa liderar e impulsionar o desenvolvimento e a aplicação de combustíveis sustentáveis de aviação para tornar a aviação mais sustentável. O país quer estimular o estudo e a aplicação de combustíveis sustentáveis de aviação (biocombustíveis e querosene sintético) para que as companhias aéreas europeias possam voar inteiramente com combustível sustentável até 2050.

LEIA MAIS: Como fazer a transferência de um veículo pela internet

Entenda as diferenças entre garantia estendida e garantia mecânica do veículo

O governo holandês apoia diversas iniciativas para estimular a produção e o uso e, assim, torná-lo comercialmente viável. A construção da primeira fábrica europeia de bioquerosene sustentável em Delfzijl, na Holanda, para a qual a SkyNRG está colaborando com a KLM, Aeroporto de Schiphol e SHV Energy, é um exemplo.

Novas iniciativas e startups
Durante a conferência, o palco foi montado para várias novas iniciativas e startups. Por exemplo, a start-up Synkero anunciou que está colaborando com o Porto de Amsterdã, Schiphol, KLM e SkyNRG na realização de uma fábrica comercial de querosene sustentável sintético no porto de Amsterdã.

O projeto busca se conectar com iniciativas sustentáveis na área do Canal do Mar do Norte, como o de uma usina de hidrogênio de 100 megawatts, onde até 15.000 toneladas de hidrogênio verde podem ser produzidas com eletricidade sustentável.

Outra iniciativa é a construção de uma fábrica de demonstração de querosene sustentável usando o CO2 capturado do ar como matéria-prima em Rotterdam. A iniciativa Zenid, na qual estão participando Uniper, Aeroporto de Rotterdam The Hague, Climeworks, SkyNRG e Rotterdam The Hague Aeroporto de Inovação, usa uma combinação de tecnologias inovadoras para se concentrar na aviação neutra em CO2 com querosene sintético sustentável.

Vários Estados membros europeus indicaram durante a conferência que desejam trabalhar nisso. Em comunicado conjunto – Holanda, França, Suécia, Alemanha, Finlândia, Luxemburgo e Espanha indicam que a recuperação da crise atual devido à pandemia deve ser acompanhada por uma aceleração da sustentabilidade do setor de aviação para atingir as metas climáticas e convocar a Comissão Europeia a apresentar uma obrigação europeia de mistura de combustíveis.

Os Estados-Membros consideram o desenvolvimento de querosene sintético sustentável, em adição ao bioquerosene sustentável, uma das formas mais promissoras e eficazes de reduzir as emissões da aviação nas próximas décadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Querosene sintético: voo é realizado com combustível a base de CO2, água, energia renovável do sol e vento

Da Redação
Do Garagem360

10/02/2021 | 10:18


Pela primeira vez no mundo, um voo de passageiros parcialmente realizado com querosene sintético produzido de forma sustentável foi realizado na Holanda. O anúncio foi feito quarta-feira (8) durante a conferência internacional sobre Combustíveis Sustentáveis Sintéticos de Aviação (SAF) em Haia.

O primeiro voo comercial de passageiros partiu do aeroporto Schiphol de Amsterdã para Madrid no mês passado – mas só foi divulgado essa semana. Ele foi realizado com uma mistura de 500 litros de querosene sintético sustentável. A Shell produziu o combustível em seu centro de pesquisa em Amsterdã com base em CO2, água e energia renovável do sol e vento. A KLM foi a operadora do voo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link

O vídeo (em inglês) da produção do combustível ao abastecimento pode ser visto aqui.

A Holanda é um dos países da Europa que visa liderar e impulsionar o desenvolvimento e a aplicação de combustíveis sustentáveis de aviação para tornar a aviação mais sustentável. O país quer estimular o estudo e a aplicação de combustíveis sustentáveis de aviação (biocombustíveis e querosene sintético) para que as companhias aéreas europeias possam voar inteiramente com combustível sustentável até 2050.

LEIA MAIS: Como fazer a transferência de um veículo pela internet

Entenda as diferenças entre garantia estendida e garantia mecânica do veículo

O governo holandês apoia diversas iniciativas para estimular a produção e o uso e, assim, torná-lo comercialmente viável. A construção da primeira fábrica europeia de bioquerosene sustentável em Delfzijl, na Holanda, para a qual a SkyNRG está colaborando com a KLM, Aeroporto de Schiphol e SHV Energy, é um exemplo.

Novas iniciativas e startups
Durante a conferência, o palco foi montado para várias novas iniciativas e startups. Por exemplo, a start-up Synkero anunciou que está colaborando com o Porto de Amsterdã, Schiphol, KLM e SkyNRG na realização de uma fábrica comercial de querosene sustentável sintético no porto de Amsterdã.

O projeto busca se conectar com iniciativas sustentáveis na área do Canal do Mar do Norte, como o de uma usina de hidrogênio de 100 megawatts, onde até 15.000 toneladas de hidrogênio verde podem ser produzidas com eletricidade sustentável.

Outra iniciativa é a construção de uma fábrica de demonstração de querosene sustentável usando o CO2 capturado do ar como matéria-prima em Rotterdam. A iniciativa Zenid, na qual estão participando Uniper, Aeroporto de Rotterdam The Hague, Climeworks, SkyNRG e Rotterdam The Hague Aeroporto de Inovação, usa uma combinação de tecnologias inovadoras para se concentrar na aviação neutra em CO2 com querosene sintético sustentável.

Vários Estados membros europeus indicaram durante a conferência que desejam trabalhar nisso. Em comunicado conjunto – Holanda, França, Suécia, Alemanha, Finlândia, Luxemburgo e Espanha indicam que a recuperação da crise atual devido à pandemia deve ser acompanhada por uma aceleração da sustentabilidade do setor de aviação para atingir as metas climáticas e convocar a Comissão Europeia a apresentar uma obrigação europeia de mistura de combustíveis.

Os Estados-Membros consideram o desenvolvimento de querosene sintético sustentável, em adição ao bioquerosene sustentável, uma das formas mais promissoras e eficazes de reduzir as emissões da aviação nas próximas décadas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;