Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Herbert surpreende e vence o GP da Europa; Rubinho é 3º


Do Diário do Grande ABC

26/09/1999 | 10:55


Em uma prova marcada por acidentes, falhas e muitas surpresas, o britânico Johnny Herbert (Stewart-Ford) talvez tenha sido a maior zebra. Ele venceu o Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1 na manha deste domingo, no circuito de Nurburgring (Alemanha), seguido pelo italiano Jarno Trulli (Prost-Peugeot) e Rubinho Barrichello (Stewart-Ford). Esta é a terceira vez que Herbert consegue uma vitória em sua carreira na F1 e a primeira na Stewart.

Ralf Schummacher foi o quarto colocado e o finlandês Mika Hakkinen (McLaren-Mercedes), o quinto. Mesmo com o mau desempenho deste domingo, Hakkinen agora é líder do campeonato.

Eddie Irvine (Ferrari), que vai para o lugar de Barrichello na Stewart, nao teve sorte com a escuderia italiana. Quando estava em quarto lugar, parou para fazer uma troca de pneus. A surpresa: a equipe só estava com três pneus, atrasando seu retorno às pistas.

Erros como esse nao foi exclusividade das escuderias. Os pilotos também falharam em algumas manobras e os espectadores da prova assistiram a uma série de derrapagens e saídas da pista, como a de Ralf Schummacher. Mesmo assim, o alemao conseguiu voltar.

O brasileiro Pedro Paulo Diniz (Sauber) foi vítima de um acidente espetacular, pouco depois da largada, obrigando a direçao da prova, a interromper a corrida com a entrada do safety car.

O Sauber de Diniz rodopiou várias vezes, depois de ter batido pela Benetton do austríaco Alexander Wurz.

Segundo o empresário do piloto, José Carlos Brunoro, Pedro Paulo Diniz fez exames no Centro Médico do circuito e estava consciente. Diniz sofreu apenas contusoes no ombro e joelho direito.

``Ele nao tem nenhum ferimento aparente, mas assim mesmo foi levado de helicóptero ao hospital para realizar um exame mais profundo'', informou o porta-voz da equipe ao final da corrida.

Veja a classificaçao dos dez primeiros colocados:

1. Johnny Herbert (GB/Stewart-Ford)
2. Jarno Trulli (Itália/Prost-Peugeot)
3. Rubens Barrichello (Brasil/Stewart-Ford)
4. Ralf Schumacher (Alemanha/Williams-Supertec)
5. Mika Hakkinen (Finlândia/McLaren-Mercedes)
6. Marc Gene (Espanha/Minardi-Ford)
7. Eddie Irvine (GB/Ferrari)
8. Ricardo Zonta (Brasil/BAR-Supertec)
9. Olivier Panis (França/Prost-Peugeot)
10. Jacques Villeneuve (Canadá/BAR-Supertec)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Herbert surpreende e vence o GP da Europa; Rubinho é 3º

Do Diário do Grande ABC

26/09/1999 | 10:55


Em uma prova marcada por acidentes, falhas e muitas surpresas, o britânico Johnny Herbert (Stewart-Ford) talvez tenha sido a maior zebra. Ele venceu o Grande Prêmio da Europa de Fórmula 1 na manha deste domingo, no circuito de Nurburgring (Alemanha), seguido pelo italiano Jarno Trulli (Prost-Peugeot) e Rubinho Barrichello (Stewart-Ford). Esta é a terceira vez que Herbert consegue uma vitória em sua carreira na F1 e a primeira na Stewart.

Ralf Schummacher foi o quarto colocado e o finlandês Mika Hakkinen (McLaren-Mercedes), o quinto. Mesmo com o mau desempenho deste domingo, Hakkinen agora é líder do campeonato.

Eddie Irvine (Ferrari), que vai para o lugar de Barrichello na Stewart, nao teve sorte com a escuderia italiana. Quando estava em quarto lugar, parou para fazer uma troca de pneus. A surpresa: a equipe só estava com três pneus, atrasando seu retorno às pistas.

Erros como esse nao foi exclusividade das escuderias. Os pilotos também falharam em algumas manobras e os espectadores da prova assistiram a uma série de derrapagens e saídas da pista, como a de Ralf Schummacher. Mesmo assim, o alemao conseguiu voltar.

O brasileiro Pedro Paulo Diniz (Sauber) foi vítima de um acidente espetacular, pouco depois da largada, obrigando a direçao da prova, a interromper a corrida com a entrada do safety car.

O Sauber de Diniz rodopiou várias vezes, depois de ter batido pela Benetton do austríaco Alexander Wurz.

Segundo o empresário do piloto, José Carlos Brunoro, Pedro Paulo Diniz fez exames no Centro Médico do circuito e estava consciente. Diniz sofreu apenas contusoes no ombro e joelho direito.

``Ele nao tem nenhum ferimento aparente, mas assim mesmo foi levado de helicóptero ao hospital para realizar um exame mais profundo'', informou o porta-voz da equipe ao final da corrida.

Veja a classificaçao dos dez primeiros colocados:

1. Johnny Herbert (GB/Stewart-Ford)
2. Jarno Trulli (Itália/Prost-Peugeot)
3. Rubens Barrichello (Brasil/Stewart-Ford)
4. Ralf Schumacher (Alemanha/Williams-Supertec)
5. Mika Hakkinen (Finlândia/McLaren-Mercedes)
6. Marc Gene (Espanha/Minardi-Ford)
7. Eddie Irvine (GB/Ferrari)
8. Ricardo Zonta (Brasil/BAR-Supertec)
9. Olivier Panis (França/Prost-Peugeot)
10. Jacques Villeneuve (Canadá/BAR-Supertec)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;