Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André é recebido com creolina em Paraguaçu


Enviados a Paraguaçu Paulista
Do Diário do Grande ABC

24/06/2001 | 16:45


Uma verdadeira guerra foi o que encontrou o Santo André na sua chegada ao estádio Carlos Affini, em Paraguaçu Paulista, neste domingo. A equipe do Grande ABC foi recebida com violência e até o prefeito Celso Daniel teve dificuldades para entrar no estádio e assistir a partida, que começou com meia hora de atraso.

O técnico Luiz Carlos Ferreira encarou a briga e declarou, antes mesmo do início do jogo, que a Paraguaçuense procurou a confusão, numa demonstração de que dentro de campo o clima seria o mesmo. "Eles cavaram a sepultura", disse o treinador.

Os problemas começaram na chegada da delegação ao estádio Carlos Affini. Segundo os dirigentes do Santo André, o vestiário teria sido lavado com creolina e, lá dentro, os jogadores encontraram velas e 'recados' nas paredes que diziam "comprar jogadores é crime".

O vice-presidente da Paraguaçuense, Mário Roberto Plaza, desmentiu as acusações. "Lavamos os dois vestiários e até oferecemos o nosso para eles, que não aceitaram", disse o dirigente, que acusou Ferreira de toda a confusão. "Isso é típico do Luiz Carlos Ferreira. Ele quer tirar a concentração do nosso time e atrasar o jogo para saber os outros resultados", afirmou.

O prefeito Celso Daniel não foi perdoado. Uma confusão no portão do estádio entre os seguranças das duas equipes, que chegaram a agressão, fez com que o prefeito aguardasse por mais de 15 minutos do lado de fora. Para piorar a situação, o prefeito de Paraguaçu, Edvaldo Attassegava, deu a ordem para que os portões fossem abertos. Aos poucos o público chegou, mas não passou de quatro mil pessoas.

Preocupada com a integridade física de seus jogadores, a diretoria do Santo André solicitou uma escolta policial do ônibus da equipe na saída do estádio. Dentro dele, 90 policiais fizeram a segurança dos torcedores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;