Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Incêndio em centro histórico chileno deixou até agora dois mortos


Da AFP

04/02/2007 | 14:07


Um incêndio que destruiu quatro prédios no centro histórico do porto chileno de Valparaíso, declarado patrimônio da Humanidade pela Unesco, deixou até o momento dois mortos, de acordo com informações do Departamento Nacional de Emergências do Ministério do Interior. Pelo menos 15 pessoas teriam ficado feridas.

"Foram dois os mortos encontrados entre os escombros pelas equipes de resgate que trabalham no local do incêndio", informou o organismo. "Dadas as condições dos corpos, não foi possível ainda determinar sua identidade", acrescenta. Os corpos foram achados totalmente calcinados.

O incêndio aconteceu depois de uma forte explosão por um vazamento de gás ocorrido no início da manhã de sábado e atingiu quatro edifícios, dois dos quais desabaram. A onda da explosão também quebrou vidros e causou rachaduras em prédios vizinhos.

A presidente Michelle Bachelet interrompeu suas férias no sábado para ir até o local da tragédia. Ela anunciou medidas assistenciais para os desabrigados do incidente.

Moradores dos prédios que pegaram fogo disseram que, várias horas antes da explosão, informaram a concessionária responsável sobre um forte cheiro de gás. A empresa local GasValpo garantiu que recebeu a primeira chamada às 6h43 da manhã e que 42 minutos depois sua equipe de emergência chegou ao lugar. A explosão ocorreu às 8h20.

Bachelet disse aos jornalistas que é necessário que "se faça uma investigação séria" para determinar as causas do incêndio que atingiu seis antigos edifícios de Valparaíso, cidade declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2003. Dois deles, que eram habitados por cerca de 50 famílias, desabaram praticamente por completo.

"Vamos esperar os resultados da investigação", frisou Bachelet. "Não me compete especular sobre as causas do incêndio", acrescentou. Bachelet comentou que fará com que os organismos públicos canalizem ajuda para as vítimas do incêndio, seja para a aquisição de novas moradias, seja para a obtenção de crédito para reconstruir as pequenas empresas que funcionavam nas dependências que pegaram fogo e foram destruídas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;