Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mulher seqüestrada em SP forjou crime, diz polícia


Do Diário OnLine

03/02/2004 | 08:59


A Polícia Civil informou, na tarde desta segunda-feira, que Rosimeire Rodrigues da Silva, 26 anos, libertada de um seqüestro no domingo à noite em Perus, zona Oeste de São Paulo, na verdade forjou o crime.

Quando foi libertada do suposto cativeiro, Rosimeire relatou ter sido estuprada e obrigada a consumir drogas. Um telefonema anônimo, porém, revelou a farsa. Depois que a polícia recebeu a ligação relatando que a ‘vítima’ estava no local por livre espontânea vontade, os investigadores a chamaram para um novo depoimento e ela confessou tudo.

Rosimeire, uma brasileira que mora na Suíça com o marido e estava no Brasil para visitar parentes, disse que havia traído o companheiro e não queria que ele descobrisse. O paradeiro dela foi descoberto porque policiais encontraram seu carro parado com dois homens dentro. O motorista, Elton da Silva, 18 anos, disse que o automóvel era da namorada de seu tio.

Ao chegar no imóvel, Rosimeire estava sozinha e disse que havia sido seqüestrada. A dupla foi presa em flagrante. Apesar de desfeito o ‘mal entendido’, os dois continuam detidos por tráfico de drogas, já que portavam cocaína.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;