Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Médico é libertado de seqüestro em Belo Horizonte


Do Diário OnLine

16/11/2002 | 11:07


Após passar quase 12 horas em poder de dois seqüestradores, o médico Wellington Amâncio foi libertado nesta sexta-feira pelo Grupo de Ações Táticas e Especiais (Gate) da Polícia Militar.

O médico foi abordado quando chegava em sua casa, na zona Sul da capital mineira. Um dos seqüestradores foi preso e, ao ser reconhecido pelo médico, desmaiou. O outro continua foragido.

Quando chegava na porta de sua casa, o médico foi rendido pelos dois seqüestradores, que tomaram a direção de seu veículo e o obrigaram a dizer o número de telefone de seus familiares.

Com os números nas mãos, os seqüestradores passaram a ligar para parentes de Amâncio, pedindo R$ 50 mil para o resgate. A família acionou a polícia.

Após levarem o médico ao condomínio Solar da Madeira, em Contagem, onde passaram a noite, os seqüestradores obrigaram o médico a entrar dentro do porta-malas de seu próprio carro. Ao perceberem a chegada da polícia, os seqüestradores abandonaram Amâncio dentro do veículo e fugiram.

Na fuga, um deles teve um corte profundo no pé e procurou socorro no hospital JK, em Contagem. Porém, foi abordado por um policial que fazia plantão no hospital. Ao ser preso e reconhecido pelo médico, ele desmaiou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;