Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jovem de 17 anos chefiava rádio pirata


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

09/11/2007 | 07:17


O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia Seccional de Santo André chegou ontem a um adolescente de 17 anos que comandava uma rádio pirata evangélica no Jardim Aclimação.

Segundo seu advogado, o rapaz já havia sido autuado neste ano pela Polícia Federal por manter em funcionamento a estação clandestina. Há cerca de três meses, ele voltou a colocá-la no ar.

As transmissões eram feitas de um quarto alugado em um sobrado, onde foram apreendidos contratos de venda de horário na rádio. O preço de uma hora dentro da programação girava entre R$ 100 e 150.

Segundo os ouvintes, a rádio estava sintonizada na freqüência de 102,7 MHz e se alternava entre pregações religiosas e hinos evangélicos.

Se condenado, o adolescente poderá pegar de 2 a 4 anos de prisão. A rádio poderia interferir na freqüência de comunicação da polícia, bombeiros e ambulâncias.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jovem de 17 anos chefiava rádio pirata

Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

09/11/2007 | 07:17


O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia Seccional de Santo André chegou ontem a um adolescente de 17 anos que comandava uma rádio pirata evangélica no Jardim Aclimação.

Segundo seu advogado, o rapaz já havia sido autuado neste ano pela Polícia Federal por manter em funcionamento a estação clandestina. Há cerca de três meses, ele voltou a colocá-la no ar.

As transmissões eram feitas de um quarto alugado em um sobrado, onde foram apreendidos contratos de venda de horário na rádio. O preço de uma hora dentro da programação girava entre R$ 100 e 150.

Segundo os ouvintes, a rádio estava sintonizada na freqüência de 102,7 MHz e se alternava entre pregações religiosas e hinos evangélicos.

Se condenado, o adolescente poderá pegar de 2 a 4 anos de prisão. A rádio poderia interferir na freqüência de comunicação da polícia, bombeiros e ambulâncias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;