Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Falta de consistência pressiona jogadores do São Paulo



22/07/2014 | 07:00


A derrota para a Chapecoense no Morumbi deixou o São Paulo na sexta colocação do Campeonato Brasileiro (19 pontos, seis a menos que o líder Cruzeiro) e voltou a deixar dúvidas sobre a evolução da equipe na competição. Com 11 rodadas, o time tricolor acumula momentos de grande futebol com outros de inoperância coletiva que fazem os torcedores se questionarem até onde pode ir a equipe.

O problema é que o São Paulo conta com um dos elencos mais caros e estrelados do país e tem nomes como Luis Fabiano, Alexandre Pato e, mais recentemente, Kaká, mas até agora não se estabeleceu na competição. A falta de uma sequência tem deixado os jogadores preocupados, já que esperava-se que o time deslanchasse após a pausa para disputa da Copa do Mundo.

"Sabemos que nosso elenco é forte, que se preparou e é um dos mais caros do Brasil. Precisamos fazer por onde e mostrar que essa equipe vale o que falam. É óbvio que recai alguma pressão porque sabemos que as expectativas são altas. A diretoria tem que cobrar, eles nos deram um bom elenco que o (técnico) Muricy (Ramalho) pediu, e a torcida também espera", disse o volante Souza.

Apesar de ver o Cruzeiro já se desgarrar na primeira colocação, Souza acredita que seja cedo para apostar nos mineiros como bicampeões. Na opinião do jogador, falta uma sequência positiva para que o time embale e finalmente ganhe confiança.

"Não conversamos entre nós ainda, mas em casa vi os outros jogos e pensei que poderíamos estar em segundo na tabela isolados, a três pontos do Cruzeiro. Podíamos ter vencido não só por jogar em casa, mas pela nossa torcida estar lá. Precisamos de uma sequência de três ou quatro vitórias para dar mais confiança à equipe", concluiu Souza.

O São Paulo volta a treinar na manhã desta terça-feira no CT da Barra Funda. O time não tem compromisso no meio de semana e só volta a campo no domingo contra o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Falta de consistência pressiona jogadores do São Paulo


22/07/2014 | 07:00


A derrota para a Chapecoense no Morumbi deixou o São Paulo na sexta colocação do Campeonato Brasileiro (19 pontos, seis a menos que o líder Cruzeiro) e voltou a deixar dúvidas sobre a evolução da equipe na competição. Com 11 rodadas, o time tricolor acumula momentos de grande futebol com outros de inoperância coletiva que fazem os torcedores se questionarem até onde pode ir a equipe.

O problema é que o São Paulo conta com um dos elencos mais caros e estrelados do país e tem nomes como Luis Fabiano, Alexandre Pato e, mais recentemente, Kaká, mas até agora não se estabeleceu na competição. A falta de uma sequência tem deixado os jogadores preocupados, já que esperava-se que o time deslanchasse após a pausa para disputa da Copa do Mundo.

"Sabemos que nosso elenco é forte, que se preparou e é um dos mais caros do Brasil. Precisamos fazer por onde e mostrar que essa equipe vale o que falam. É óbvio que recai alguma pressão porque sabemos que as expectativas são altas. A diretoria tem que cobrar, eles nos deram um bom elenco que o (técnico) Muricy (Ramalho) pediu, e a torcida também espera", disse o volante Souza.

Apesar de ver o Cruzeiro já se desgarrar na primeira colocação, Souza acredita que seja cedo para apostar nos mineiros como bicampeões. Na opinião do jogador, falta uma sequência positiva para que o time embale e finalmente ganhe confiança.

"Não conversamos entre nós ainda, mas em casa vi os outros jogos e pensei que poderíamos estar em segundo na tabela isolados, a três pontos do Cruzeiro. Podíamos ter vencido não só por jogar em casa, mas pela nossa torcida estar lá. Precisamos de uma sequência de três ou quatro vitórias para dar mais confiança à equipe", concluiu Souza.

O São Paulo volta a treinar na manhã desta terça-feira no CT da Barra Funda. O time não tem compromisso no meio de semana e só volta a campo no domingo contra o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;