Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rogério Flausino é condenado a
pagar indenização a dupla sertaneja

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


24/07/2018 | 14:11


Rogério Flausino, vocalista da banda Jota Quest, foi condenado a pagar 50 mil reais de indenização à dupla sertaneja Nycolas e Fabyane, após ofensas proferidas contra eles em um show na Exposição Agropecuária e Industrial do Norte Fluminense, em 2016 - segundo a Inter TV, de Campos do Goytacazes, local da apresentação.

Rogério e banda saíram do palco, mas iriam retornar para um bis, quando a dupla subiu ao palco e começou seu show.

Irritado, Rogério teria começado a ofender verbalmente os cantores - quando voltou para o palco e começou a última música.

Agora, ele terá que pagar 25 mil reais para cada um dos dois - conforme determinou o juiz Eron Simas, da 1ª Vara Cível de Campos dos Goytacazes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rogério Flausino é condenado a
pagar indenização a dupla sertaneja


24/07/2018 | 14:11


Rogério Flausino, vocalista da banda Jota Quest, foi condenado a pagar 50 mil reais de indenização à dupla sertaneja Nycolas e Fabyane, após ofensas proferidas contra eles em um show na Exposição Agropecuária e Industrial do Norte Fluminense, em 2016 - segundo a Inter TV, de Campos do Goytacazes, local da apresentação.

Rogério e banda saíram do palco, mas iriam retornar para um bis, quando a dupla subiu ao palco e começou seu show.

Irritado, Rogério teria começado a ofender verbalmente os cantores - quando voltou para o palco e começou a última música.

Agora, ele terá que pagar 25 mil reais para cada um dos dois - conforme determinou o juiz Eron Simas, da 1ª Vara Cível de Campos dos Goytacazes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;