Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Montadora readmite funcionários acusados de visitar sites pornô


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

29/10/2005 | 08:46


Em negociação com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a DaimlerChrysler – proprietária da marca Mercedes-Benz – concordou em voltar atrás em quatro das 11 demissões feitas na semana passada, na fábrica de São Bernardo. Na ocasião, os funcionários cortados foram acusados de acessar sites pornográficos na internet durante o horário de trabalho.

Por meio da assessoria, a direção da empresa informou que não irá se manifestar sobre o assunto, já que tanto as demissões quanto as atuais readmissões, atenderam critérios da política interna da companhia.

Segundo Tarcísio Secoli, diretor do sindicato, responsável pela negociação com a montadora, a empresa concordou que algumas das demissões eram penas pesadas demais.

"Não pudemos fazer nada no caso daqueles que visitavam conteúdos restritos com freqüência. Mas ficou comprovado que quatro desses funcionários não tinham o hábito de acessar sites do gênero, inclusive não nos últimos cinco anos", diz Secoli.

De acordo com ele, a DaimlerChrysler garantiu que não haverá de imediato novas demissões por este motivo. No entanto, a montadora informou que vai iniciar no mês que vem uma varredura em todos os computadores da empresa a fim de evitar novos problemas. "O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC não vai mais se preocupar com problemas desse tipo. A empresa já avisou que a prática é proibida no horário de trabalho e com os computadores da companhia", acrescenta Secoli.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;