Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Marrocos recebe conferência da ONU sobre clima


Das Agências

29/10/2001 | 10:20


A conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudança climática começou nesta segunda-feira, em Marrakech, no Marrocos. O objetivo do encontro é conseguir um acordo para frear o progressivo aquecimento do planeta.

Mais de três mil representantes de 180 países vão discutir a aplicação do protocolo de Kyoto, no qual os países industrializados se comprometeram em reduzir até 2010 suas emissões de dióxido de carbono para reduzir o efeito estufa.

Durante o plenário de inauguração da conferência, o dirigente da ONU para mudança climática, Jan Pronk, mostrou-se otimista, mas assegurou que "resta muito a fazer" para cumprir com os acordos obtidos em Bonn, na conferência de julho passado.

Pronk enfatizou que "os acordos firmados na Alemanha" não serão renegociados e os países não poderão reduzir seus esforços para diminuir suas emissões de dióxido de carbono.

A abertura da conferência foi realizada em meio a fortes medidas de segurança, principalmente em torno da delegação dos EUA. O encontro termina no dia 9 de novembro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marrocos recebe conferência da ONU sobre clima

Das Agências

29/10/2001 | 10:20


A conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudança climática começou nesta segunda-feira, em Marrakech, no Marrocos. O objetivo do encontro é conseguir um acordo para frear o progressivo aquecimento do planeta.

Mais de três mil representantes de 180 países vão discutir a aplicação do protocolo de Kyoto, no qual os países industrializados se comprometeram em reduzir até 2010 suas emissões de dióxido de carbono para reduzir o efeito estufa.

Durante o plenário de inauguração da conferência, o dirigente da ONU para mudança climática, Jan Pronk, mostrou-se otimista, mas assegurou que "resta muito a fazer" para cumprir com os acordos obtidos em Bonn, na conferência de julho passado.

Pronk enfatizou que "os acordos firmados na Alemanha" não serão renegociados e os países não poderão reduzir seus esforços para diminuir suas emissões de dióxido de carbono.

A abertura da conferência foi realizada em meio a fortes medidas de segurança, principalmente em torno da delegação dos EUA. O encontro termina no dia 9 de novembro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;