Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Dono de fábrica bombardeada no Sudao vai processar EUA


Do Diário do Grande ABC

09/08/1999 | 19:39


O advogado do milionário saudita cuja fábrica de remédios no Sudao foi bombardeada no ano passado pelos Estados Unidos, confirmou nesta segunda-feira que seu cliente vai processar a administraçao americana, exigindo uma indenizaçao de 30 milhoes de dólares.

``A demanda, que será examinada por um tribunal norte-americano, exigirá do governo dos Estados Unidos a indenizaçao para Salah Idris, cuja fábrica foi bombardeada em agosto 1998'', informou o advogado Ghazi Suleyman.

Suleyman frisou que a lei federal americana permite apresentar demandas contra o governo.

Segundo as autoridades americanas, a fábrica armazenava material utilizado para a fabricaçao de armas químicas e estava envolvida com o milionário fundamentalista Ussama Ben Laden, considerado o instigador dos atentados contra as embaixadas dos Estados Unidos no Quênia e na Tanzânia, no dia 7 de agosto de 1998.

Estados Unidos bombardearam a fábrica de Idris como represália por esses atentados, que deixaram um saldo de 224 mortos, entre os quais 12 cidadaos americanos, e centenas de feridos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;