Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Ásia: bolsas fecham em baixa, com incerteza regulatória na China e variante delta



20/08/2021 | 07:29


As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta sexta-feira, 20, em meio a incertezas regulatórias que cercam o setor de tecnologia chinês e preocupações com os desdobramentos da pandemia do novo coronavírus, à medida que a variante delta continua se espalhando pelo mundo.

Em Tóquio, o índice japonês Nikkei caiu 0,98% hoje, a 27.013,25 pontos, pressionado em parte pelo setor automotivo. A ação da Toyota teve queda de 4,09%, após relatos de que a montadora pretende cortar sua produção em 40% em setembro, diante da escassez mundial de chips para veículos.

Já o Hang Seng liderou as perdas na Ásia, com baixa de 1,84% em Hong Kong, a 24.849,72 pontos, com temores de que o governo chinês endureça ainda mais a regulação para grandes empresas de tecnologia do país. O papel do gigante de comércio eletrônico Alibaba, por exemplo, recuou 2,59% na bolsa local. A China aprovou hoje uma lei de privacidade que vai restringir a ampla coleta de dados de usuários por companhias de tecnologia, segundo a agência de notícias estatal Xinhua.

Na China continental, o Xangai Composto se desvalorizou 1,10%, a 3.427,33 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 1,17%, a 2.388,96 pontos. Como se previa, o banco central chinês manteve inalteradas nesta sexta suas principais taxas de juros de referência para empréstimos de curto e longo prazos, conhecidas como LPRs.

Em outras partes da região asiática, o sul-coreano Kospi recuou 1,20% em Seul, a 3.060,51 pontos, e o Taiex registrou perda modesta em Taiwan, de 0,20%, a 16.341,94 pontos.

Investidores também seguem atentos à disseminação da variante delta do coronavírus, que ameaça comprometer a recuperação da economia global. Ainda no radar está a possibilidade de aperto monetário nos EUA, após o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) sinalizar esta semana que poderá começar a reduzir suas compras de ativos antes do fim do ano.

Na Oceania, a bolsa australiana fechou em baixa apenas marginal hoje, mas vem acumulando perdas por cinco pregões seguidos, seu pior desempenho desde março de 2020. O S&P/ASX 200 caiu 0,05% em Sydney, a 7.460,90 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;