Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Evandro e Bruno Schmidt derrotam poloneses e seguem invictos no vôlei de praia

Divulgação/ Wander Roberto/COB Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/07/2021 | 11:40


A dupla do Brasil formada por Evandro e Bruno Schmidt assegurou a terceira vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e segue com 100% de aproveitamento. Nesta sexta-feira, os brasileiros bateram os poloneses Bryl e Fijalek por 2 sets a 1, de virada - com parciais de 19/21, 21/14 e 17/15 -, e estão classificados às oitavas de final na primeira colocação do Grupo E.

Nos dois primeiros jogos, Evandro e Bruno Schmidt já haviam vencido os primos Grimalt, do Chile, e depois Abicha/Elgraoui, do Marrocos. Após este terceiro resultado positivo, o campeão olímpico Bruno falou sobre o bom desempenho e um fator que pode ter sido decisivo para a trajetória de sucesso nesta primeira fase da Olimpíada.

"É obvio que todos queremos ganhar e terminar a fase de grupos em primeiro, mas é importante passar por dificuldade, colocar o time a prova e tivemos isso já no primeiro jogo. Tenho certeza que ter virado o time break hoje foi reflexo disso", disse Bruno Schmidt, que ainda comentou sobre o desempenho do time.

"Jogos Olímpicos têm isso. Começa forte, desacelera, tem um momento de descanso e volta para decidir a chave. Hoje foi muito bacana porque nos dois estávamos o tempo todo positivo e o Evandro soltando cada vez mais o jogo dele, o que é muito importante para o nosso time", avaliou.

Evandro também comentou sobre o jogo desta sexta-feira e destacou a cobrança positiva feita pelo seu parceiro. "Esse resultado é fruto de trabalho. Estamos treinamento bastante e recebo essa cobrança do Bruno para cada vez ajuda mais o nosso time, principalmente no bloqueio. E estou disposto a escutar para melhorar para o nosso time", afirmou.

O jogador, dono de um dos melhores saques do mundo, elogiou seu time. "Nós tivemos dois erros no finalzinho do primeiro set, onde a Polônia conseguiu virar e ganhar. No segundo conseguimos impor nosso ritmo e dar a cara do time. No terceiro, o mental falou mais alto no final do jogo. Nosso psicológico está muito bem, conversamos demais dentro de quadra e conseguimos sair com a vitória", concluiu Evandro.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;