Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Diadema prevê arrecadação de R$ 643,7 milhões em 2010

Se comparado com a previsão orçamentária deste ano, peça financeira de 2010 terá acréscimo de R$ 19 mi


Elaine Granconato
Do Diário do Grande ABC

02/05/2009 | 07:22


A Prefeitura de Diadema prevê arrecadar R$ 643,7 milhões em 2010. O valor é apenas 2,5% acima do estimado para este ano (R$ 624 milhões), índice menor que a inflação prevista para 2009 - hoje de 4,5%.

O projeto do Executivo da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que define metas e prioridades para o município e orienta a elaboração da proposta financeira para 2010, foi encaminhado na quinta-feira à Câmara, de acordo com a legislação.

Este ano, a LDO é acrescida do componente da crise econômica mundial. Na justificativa, o prefeito Mário Reali (PT) informa que a administração elaborou um Anexo de Metas Fiscais para adequar as metas de resultado ao desempenho dado pelas receitas próprias. Entre elas, ações de recuperações de receita e arrecadação, além da melhoria do desempenho do índice de participação do município no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços).

Se comparado com a previsão orçamentária deste ano, a peça financeira de 2010 terá acréscimo de R$ 19 milhões.

Para a projeção dos níveis de crescimento econômico dos próximos três anos e com base no comportamento do PIB (Produto Interno Bruto) do último trimestre de 2008, a LDO projeta crescimento de 2,5% para 2010; de 4,5% para 2011 e 5% para 2012.

O projeto do Executivo foi encaminhado para o presidente da Câmara, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), que acredita no prazo de 30 dias para entrar em votação pelo Legislativo.Antes, o projeto passará por emendas e a análise das comissões.

Maninho afirmou que a arrecadação deste ano (R$ 624 milhões) ainda é incerta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;