Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Vítima de roubo atropela assaltante em Diadema


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

18/05/2005 | 07:45


Depois de roubar R$ 50 mil em dinheiro no estacionamento de um banco, um assaltante tentou se passar por funcionário de uma funilaria para escapar da polícia, depois que o comparsa conseguiu fugir. O plano não deu certo e o acusado João Alves da Costa, 31 anos, foi preso pela Guarda Civil Municipal de Diadema. A aventura cinematográfica se passou por volta das 16h desta terça e incluiu uma atitude corajosa da vítima, que perseguiu os assaltantes até alcançá-los e interpelar a moto onde estavam, embora um deles tenha conseguido fugir. O cenário de perseguição e farsa foi um dos corredores mais movimentados da cidade, a avenida Fábio Eduardo Ramos Esquível.

Alves da Costa e o outro assaltante que escapou na confusão estavam numa motocicleta no estacionamento de uma agência do banco Itaú, na avenida Fábio Eduardo Ramos Esquível. Eles se preparavam para render um homem de 42 anos, que acabara de sacar R$ 50 mil em dinheiro na boca de um caixa. Armada com uma pistola nove milímetros, a dupla não teve dificuldades para tomar da vítima a maleta onde o dinheiro estava guardado.

Mas os assaltantes não imaginavam que o homem seguiria no encalço deles. Cerca de 50 metros adiante, sem qualquer hesitação, a vítima atropelou a moto na qual estavam os criminosos. Na confusão, um dos assaltantes conseguiu fugir com o que sobrou da motocicleta. Alves da Costa ficou para trás. Ainda armado com a pistola usada no asssalto no estacionamento do banco, fez refém o homem que havia acabado de roubar e que agora o havia atropelado.

Os dois seguiram até uma funilaria, localizada no lado oposto da avenida. Lá, o acusado Alves da Costa fez outro refém, um funcionário do estabelecimento. Os três seguiram para o banheiro da funilaria e o assaltante vestiu o uniforme do empregado, um jaleco preto e amarelo. O empregado foi trancado no banheiro. Alves da Costa, passando-se por funcionário, seguiu para a porta da frente do comércio, junto com o dono dos R$ 50 mil roubados no banco. Enquanto observavam o vaivém na avenida, os dois foram surpreendidos pela Guarda Civil Municipal de Diadema. Os agentes tinham sido alertados da confusão por pessoas que passavam pela rua no momento do acidente entre o carro da vítima e a moto dos ladrões. Cercado, o acusado Alves da Costa não resistiu à prisão.

A pistola usada pelos assaltantes, com a numeração adulterada, foi encontrada abandonada no chão da funilaria. Já os R$ 50 mil estavam escondidos entre os arbustos de um canteiro da avenida. Todo dinheiro foi recuperado e devolvido ao dono.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;