Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Legislativo de Diadema vai
instalar CPI da Enel

André Henriques / DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Requerimento de Minas vira unanimidade e Câmara se prepara para apurar empresa


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

19/08/2021 | 20:37


A Câmara de Diadema caminha para instalar CPI da Enel, com objetivo de investigar a atuação da empresa de energia elétrica na cidade.

Requerimento solicitando a abertura da comissão foi apresentado nesta quinta-feira pelo vereador Eduardo Minas (Pros), com assinatura dos outros 20 parlamentares.

Pelo regimento interno do Legislativo, na próxima semana a casa vota o decreto legislativo oficializando o bloco investigativo. A partir desse passo, serão designados presidente, relator e demais integrantes. O mandatário da CPI deve ser Minas, como autor do requerimento. Os demais componentes precisam ser indicados respeitando o critério da proporcionalidade partidária.

Segundo Minas, que faz oposição ao governo de José de Filippi Júnior (PT) na Câmara, há “sucessivas, reiteradas e insistentes” reclamações da população quanto ao serviço prestado pela Enel.

“É empresa recordista em serviço mal prestado. Inadmissível que permaneça inerte sem prestar explicações. Esperamos que, com a CPI, o Legislativo traga luz ao péssimo atendimento, cobrando investimentos previstos em leis, uma vez que os serviços executados pela empresa estão cada vez mais caros”, citou o parlamentar.

Para Minas, o fato de todos os 21 vereadores assinarem o pedido de CPI é porque há unanimidade na crítica à atuação da Enel em Diadema. Mas ele adianta que os trabalhos também envolverão a atuação da Prefeitura, em especial na poda de árvore.

“Sabemos que muitas vezes há interrupção de energia por uma poda de árvore malfeita. Aqui mesmo na Câmara (situada à Avenida Antônio Piranga, no Centro), perdi as contas das vezes em que a luz caiu porque os galhos das árvores sem poda se enroscaram nos fios e provocaram curto-circuito”, avisou o vereador.

No início do mês, a Câmara de Santo André instalou sua CPI para acompanhar a atuação da Enel. A proposta, de autoria do vereador Renatinho do Conselho (Avante), integrante da base, visa apurar eventuais irregularidades na execução dos serviços de fornecimento de energia elétrica por parte da empresa na cidade, bem como falta de manutenção na rede e prejuízos aos moradores.

O Legislativo de São Caetano também caminha para ter a CPI da Enel, em pleito do vereador César Oliva (PSD). Na sessão de terça-feira, ele anunciou que coletou assinaturas suficientes para abertura da comissão – faltou apenas a rubrica de Magali Selva Pinto (Cidadania). Com as assinaturas, o bloco será oficialmente aberto nos próximos dias. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;