Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Hezbollah faz seis ataques contra ELS; Israel reage


Do Diário do Grande ABC

21/05/2000 | 17:06


O Hezbollah xiita libanês anunciou ter realizado neste domingo seis ataques contra posiçoes do Exército do Líbano Sul (ELS), a milícia libanesa pró-israelense, na zona do Sul do país ocupada por Israel.

Em um comunicado, a formaçao integrista antiisraelense precisou que os ataques, dirigidos contra posiçoes do ELS nos setores central e oriental da zona ocupada, causaram ``vítimas''.

Em Marjayun, na zona ocupada, o ELS confirmou os ataques, mas assegurou que nao houve vítimas.

Por outra parte, 70 obuses lançados da zona ocupada alcançaram objetivos situados frente ao setor oriental, indicou a polícia libanesa que nao falou de vítimas.

Em resposta, a aviaçao israelense bombardeou o maciço de Iqlim at Tuffah, reduto do movimento Hezbollah,

Caça-bombardeiros israelenses lançaram quatro mísseis ar-terra contra os arredores da localidade de Louayze, no centro da zona ocupada, precisou a polícia, sem dar informaçoes sobre vítimas.

Por sua parte, em Jerusalém, o ministro israelense das Relaçoes Exteriores, Davy Levy, considerou neste domingo a possibilidade de ``continuar com as operaçoes israelenses'' no sul do Líbano se o Hezbollah tomar o controle dos setores que Israel abandonar depois de 7 de julho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hezbollah faz seis ataques contra ELS; Israel reage

Do Diário do Grande ABC

21/05/2000 | 17:06


O Hezbollah xiita libanês anunciou ter realizado neste domingo seis ataques contra posiçoes do Exército do Líbano Sul (ELS), a milícia libanesa pró-israelense, na zona do Sul do país ocupada por Israel.

Em um comunicado, a formaçao integrista antiisraelense precisou que os ataques, dirigidos contra posiçoes do ELS nos setores central e oriental da zona ocupada, causaram ``vítimas''.

Em Marjayun, na zona ocupada, o ELS confirmou os ataques, mas assegurou que nao houve vítimas.

Por outra parte, 70 obuses lançados da zona ocupada alcançaram objetivos situados frente ao setor oriental, indicou a polícia libanesa que nao falou de vítimas.

Em resposta, a aviaçao israelense bombardeou o maciço de Iqlim at Tuffah, reduto do movimento Hezbollah,

Caça-bombardeiros israelenses lançaram quatro mísseis ar-terra contra os arredores da localidade de Louayze, no centro da zona ocupada, precisou a polícia, sem dar informaçoes sobre vítimas.

Por sua parte, em Jerusalém, o ministro israelense das Relaçoes Exteriores, Davy Levy, considerou neste domingo a possibilidade de ``continuar com as operaçoes israelenses'' no sul do Líbano se o Hezbollah tomar o controle dos setores que Israel abandonar depois de 7 de julho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;