Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ministro Celso Amorim vai à China preparar visita de Lula


Do Diário OnLine
Com Agências

21/03/2004 | 11:27


O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, embarca neste domingo para Pequim. Ele participa dos preparativos para a visita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará à China em maio.

O governo brasileiro quer aumentar o comércio bilateral com a China. Em 2004, comemoram-se 30 anos do relacionamento entre os dois países. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, esta relação se destaca pela cooperação na área de tecnologia e pelas posições convergentes adotadas em fóruns multilaterais.

O comércio bilateral alcançou a cifra de US$ 6,7 bilhões no ano passado. A China foi, em 2003, o maior destino das exportações brasileiras na Ásia e o terceiro maior em todo o mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da Argentina.

A cooperação que o Brasil mantém com a China se desenvolve no contexto de uma parceria estratégica constituída entre os dois países por volta dos anos 90. A China mantém com o Brasil o mais importante programa de cooperação entre países do Sul na área de alta tecnologia, o Programa Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres. Nesta segunda-feira será inaugurado um escritório da companhia aérea Varig em Pequim.

Esta será a primeira visita do ministro Celso Amorim à China durante o governo Lula. Na capital chinesa, o ministro deve encontrar-se com o primeiro-ministro Wen Jiabao; com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Li Zhaoxing; com o conselheiro de Estado e ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Tang Jiaxuan; com o ministro da Comissão de Ciência, Tecnologia e Indústria para a Defesa Nacional, Zhang Yunchuan; e com o ministro do Comércio, Bo Xilai.

Depois de Pequim, Celso Amorim segue em missão oficial ao Japão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;