Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Deputada italiana critica falta de mulheres na política

Renata Bueno participa de atividade com Alex e pede maior participação feminina


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

30/05/2015 | 07:00


A deputada ítalo-brasileira Renata Bueno, em evento realizado ontem em São Bernardo, criticou a reforma política promovida pelo Congresso ao pedir maior participação das mulheres na política nacional. Ela utilizou como exemplo o sistema italiano, que exige mínimo de 40% de congressistas femininas no Parlamento.

“Essa luta de gênero é muito importante. Na Itália, há uma lista fechada e o eleitor vota dentro desta lista, em dois nomes. Necessariamente precisa ser um homem e uma mulher. É algo a se avançar no Brasil”, disse.

Recentemente houve reforma eleitoral na Itália em que se extinguiu o financiamento público de campanha. “Para que tenha validade, precisa ser bem fiscalizada”, avaliou. Nesta semana, o Congresso autorizou uso de recursos privados nas campanhas eleitorais no Brasil.

Renata participou de atividade em São Bernardo ao lado do deputado federal Alex Manente (PPS) junto à comunidade italiana são-bernardense, no escritório político do popular-socialista. O objetivo é estreitar relações entre os países e também aumentar programas voltados aos colonos que vivem no Grande ABC.

“O Brasil tem paixão pela gastronomia e cultura italianas. O Grande ABC não é diferente. Essa ponte é muito importante”, afirmou a deputada ítalo-brasileira.

Para Alex, a região precisa fortalecer vínculo com a Itália. “Há espaço para esse diálogo. No Grande ABC, São Bernardo e São Caetano têm muitos imigrantes italianos e que pedem a reprodução do sentimento de lá. Nosso mandato está à disposição para fazer essa ponte”, apontou Alex. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;