Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Xangai aperta controle sobre microblogs



26/12/2011 | 01:55


O governo de Xangai vai exigir que usuários de microblogs se registrem com seus nomes reais a partir desta segunda-feira, informou a mídia estatal chinesa.

 

Pequim e a província de Guangdong, localizada no sul do país, já haviam ordenado que usuários de weibos (microblogs semelhantes ao Twitter) registrassem seus nomes reais. Com a medida, as autoridades buscam aumentar o controle sobre a internet.

 

As decisões governamentais ocorrem em meio a uma onda de agitação social que tem se concentrado em Guangdong. Moradores protestam contra a desapropriação de terras e uma usina de energia instalada na província - que estaria causando doenças na população.

 

Moradores recentemente postaram fotos e relatos em weibos, desafiando os esforços oficiais para bloquear notícias dos incidentes na região. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Xangai aperta controle sobre microblogs


26/12/2011 | 01:55


O governo de Xangai vai exigir que usuários de microblogs se registrem com seus nomes reais a partir desta segunda-feira, informou a mídia estatal chinesa.

 

Pequim e a província de Guangdong, localizada no sul do país, já haviam ordenado que usuários de weibos (microblogs semelhantes ao Twitter) registrassem seus nomes reais. Com a medida, as autoridades buscam aumentar o controle sobre a internet.

 

As decisões governamentais ocorrem em meio a uma onda de agitação social que tem se concentrado em Guangdong. Moradores protestam contra a desapropriação de terras e uma usina de energia instalada na província - que estaria causando doenças na população.

 

Moradores recentemente postaram fotos e relatos em weibos, desafiando os esforços oficiais para bloquear notícias dos incidentes na região. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;