Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Três caminhos na volta da Rússia

Após 30 dias de férias em junho e dez dias de afastamento por motivos pessoais (5 a 15 de agosto)


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

15/08/2014 | 07:00


Após 30 dias de férias em junho e dez dias de afastamento por motivos pessoais (5 a 15 de agosto), o secretário de Cultura de Santo André, Raimundo Salles (PDT), deve voltar hoje ao batente. Neste último período em que esteve fora da Pasta, o pedetista passou pela Rússia. Salles foi indicado por seu partido para ser um dos coordenadores da campanha majoritária estadual, que tem na cabeça da chapa Paulo Skaf (PMDB) e o ex-deputado federal e advogado José Roberto Batochio (PDT) como vice. A definição do secretário como um dos integrantes do núcleo duro do projeto ao Palácio dos Bandeirantes ocorreu no início de junho. E de lá para cá, pouca coisa se efetivou eleitoralmente pelas mãos do pedetista. Viajou bastante em seu período de descanso. Não conseguiu se empenhar nas candidaturas como queria. Nos bastidores comenta-se que o distanciamento do pleito é proposital. Longe dos holofotes, evitaria cotoveladas com ex-aliados e simpatizantes. Isso porque Salles já teve ligação com tucanos paulistas, que estão com o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Agora, porém, tem de apoiar Paulo Skaf, adversário do tucano. Além disso, está no governo Carlos Grana (PT), defensor ferrenho da candidatura de Alexandre Padilha (PT). Diante de tantas possibilidades contraditórias, Salles está de volta a Santo André. Por ser liderança importante, sua participação na eleição será cobrada. E de todos os lados. Como bom político, vai tirar de letra a saia-justa.

Fiscal de trânsito
Toninho de Jesus (SDD) participou ontem da atividade de campanha do candidato a deputado federal Frank Aguiar (PMDB), no calçadão da Rua Oliveira Lima. Ele não ficou apenas pedindo votos. Também orientou a passagem de pedestres e carros pelas vias próximas ao local, como um verdadeiro fiscal de trânsito.

Telhado de vidro?
Vereadores de São Caetano não se entendem sobre ampliação da participação popular por meio da tribuna livre, na qual o cidadão expressa o que pensa sobre a política da cidade. Na sessão de terça-feira, houve tentativa de votação. Mas a condução do crivo foi confusa, ninguém soube contar direito os votos dos pedidos de adiamento do projeto. No fim, retirou-o por três semanas. Qual é o receio, senhores vereadores?

Cobrança
Incomodado com a falta de apoio da bancada de vereadores do PT ao seu projeto de reeleição, o deputado federal Vanderlei Siraque (PT) mandou mensagem de texto, via celular, para um de seus aliados no Executivo. Cobrou ação do Paço para receber mais adesões. Dos cinco parlamentares do seu partido, apenas sua mulher, Bete Siraque, está com ele.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Três caminhos na volta da Rússia

Após 30 dias de férias em junho e dez dias de afastamento por motivos pessoais (5 a 15 de agosto)

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

15/08/2014 | 07:00


Após 30 dias de férias em junho e dez dias de afastamento por motivos pessoais (5 a 15 de agosto), o secretário de Cultura de Santo André, Raimundo Salles (PDT), deve voltar hoje ao batente. Neste último período em que esteve fora da Pasta, o pedetista passou pela Rússia. Salles foi indicado por seu partido para ser um dos coordenadores da campanha majoritária estadual, que tem na cabeça da chapa Paulo Skaf (PMDB) e o ex-deputado federal e advogado José Roberto Batochio (PDT) como vice. A definição do secretário como um dos integrantes do núcleo duro do projeto ao Palácio dos Bandeirantes ocorreu no início de junho. E de lá para cá, pouca coisa se efetivou eleitoralmente pelas mãos do pedetista. Viajou bastante em seu período de descanso. Não conseguiu se empenhar nas candidaturas como queria. Nos bastidores comenta-se que o distanciamento do pleito é proposital. Longe dos holofotes, evitaria cotoveladas com ex-aliados e simpatizantes. Isso porque Salles já teve ligação com tucanos paulistas, que estão com o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Agora, porém, tem de apoiar Paulo Skaf, adversário do tucano. Além disso, está no governo Carlos Grana (PT), defensor ferrenho da candidatura de Alexandre Padilha (PT). Diante de tantas possibilidades contraditórias, Salles está de volta a Santo André. Por ser liderança importante, sua participação na eleição será cobrada. E de todos os lados. Como bom político, vai tirar de letra a saia-justa.

Fiscal de trânsito
Toninho de Jesus (SDD) participou ontem da atividade de campanha do candidato a deputado federal Frank Aguiar (PMDB), no calçadão da Rua Oliveira Lima. Ele não ficou apenas pedindo votos. Também orientou a passagem de pedestres e carros pelas vias próximas ao local, como um verdadeiro fiscal de trânsito.

Telhado de vidro?
Vereadores de São Caetano não se entendem sobre ampliação da participação popular por meio da tribuna livre, na qual o cidadão expressa o que pensa sobre a política da cidade. Na sessão de terça-feira, houve tentativa de votação. Mas a condução do crivo foi confusa, ninguém soube contar direito os votos dos pedidos de adiamento do projeto. No fim, retirou-o por três semanas. Qual é o receio, senhores vereadores?

Cobrança
Incomodado com a falta de apoio da bancada de vereadores do PT ao seu projeto de reeleição, o deputado federal Vanderlei Siraque (PT) mandou mensagem de texto, via celular, para um de seus aliados no Executivo. Cobrou ação do Paço para receber mais adesões. Dos cinco parlamentares do seu partido, apenas sua mulher, Bete Siraque, está com ele.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;