Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Problemas impedem liberação do corpo de turista espanhol


Do Diário OnLine
Com Agências

21/11/2004 | 16:50


Problemas com a documentação impedem a liberação do corpo do turista espanhol Juan Carlos Ronceiro, 34 anos. Ele foi baleado ao reagir a um assalto no Rio de Janeiro e morreu na madrugada de sábado no Hospital Souza Aguiar. A família do turista tenta levar o corpo para a Suíça, onde será realizado o enterro.

Ronceiro estava com a mulher, que é brasileira, e com um casal de amigos quando foi abordado por três adolescentes, no Aterro do Flamengo, que tentaram lhe roubar a máquina fotográfica. Ao reagir, foi baleado na nuca. Ele morava na Suíça e estava de férias no Brasil havia 20 dias.

Na noite de sexta-feira, dois adolescentes detidos pela Polícia Militar confessaram participação no crime. O terceiro do grupo, autor do disparo, permanece foragido.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Problemas impedem liberação do corpo de turista espanhol

Do Diário OnLine
Com Agências

21/11/2004 | 16:50


Problemas com a documentação impedem a liberação do corpo do turista espanhol Juan Carlos Ronceiro, 34 anos. Ele foi baleado ao reagir a um assalto no Rio de Janeiro e morreu na madrugada de sábado no Hospital Souza Aguiar. A família do turista tenta levar o corpo para a Suíça, onde será realizado o enterro.

Ronceiro estava com a mulher, que é brasileira, e com um casal de amigos quando foi abordado por três adolescentes, no Aterro do Flamengo, que tentaram lhe roubar a máquina fotográfica. Ao reagir, foi baleado na nuca. Ele morava na Suíça e estava de férias no Brasil havia 20 dias.

Na noite de sexta-feira, dois adolescentes detidos pela Polícia Militar confessaram participação no crime. O terceiro do grupo, autor do disparo, permanece foragido.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;