Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Bros é agil sem consumir tanto


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

01/11/2006 | 10:33


Opção para quem busca bom desempenho em perímetro urbano sem recorrer aos modelos street, a Honda NXR 150 Bros garante boa performance em percursos de terra ou asfalto. É ágil, apesar do motor de 150 cm³. Consome pouco combustível em baixa ou alta rotação. Tem visual moderno e painel de instrumentos reestilizado em relação aos modelos on-off road anteriores da marca – hodômetro total e parcial e luzes indicadoras (neutro, farol alto e piscas). Com esse conjunto, chama atenção por onde passa.

A altura garante boa posição de pilotagem, principalmente em congestionamentos ou tráfego intenso – evita que o guidão bata em retrovisores de carros. Além disso, a boa distribuição do peso da motocicleta dá estabilidade em curvas ou pequenas manobras.

A velocidade final da Bros deixa a desejar. Por ser mais pesada que a “prima” CG Titan – que tem o mesmo motor OHC (Over Head Camshaft) –, o velocímetro não passa de 110 km/h. Mesmo assim, é versátil e funcional como a Titan. O propulsor gera potência máxima de 14 cv a 8.000 rpm e torque máximo de 1,36 mkgf a 6.000 rpm, segundo a fabricante. Os pneus são largos (modelo MT-60) e proporcionam maior contato com o piso.

A moto também possui bons equipamentos de conforto. Aliados à altura do assento, os apoios para os pés do condutor e do garupa evitam cansaço em trajetos longos e amortecem a vibração do motor.

O novo design é um dos grandes diferenciais da moto. O conjunto dianteiro, formado pelo tanque de combustível recoberto por defletores associados ao pára-lama alto e à carenagem do farol, transmite sensação de robustez e espírito off-road.

Na parte traseira, a rabeta é alinhada com a lanterna, traço que passa a sensação de velocidade e leveza das formas. O escapamento tem saída elevada. No modelo 2007, possui protetor cromado em todas as versões – facilita a pilotagem em terreno surrado, inclusive no barro.

A NXR 150 Bros (versões KS e ES) é equipada com freios a tambor, que garantem baixo custo de manutenção. Já a versão ESD conta com freio dianteiro a disco, de acionamento hidráulico e duplo pistão, que proporciona maior capacidade de frenagem, com segurança e eficiência.

A nova motocicleta, que está disponível nas cores preta, azul e vermelha, tem preço sugerido de R$ 6.860 (KS), R$ 7.508 (ES) e R$ 7.880 (ESD). Os valores têm como base o Estado de São Paulo, sem frete e seguro.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bros é agil sem consumir tanto

Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

01/11/2006 | 10:33


Opção para quem busca bom desempenho em perímetro urbano sem recorrer aos modelos street, a Honda NXR 150 Bros garante boa performance em percursos de terra ou asfalto. É ágil, apesar do motor de 150 cm³. Consome pouco combustível em baixa ou alta rotação. Tem visual moderno e painel de instrumentos reestilizado em relação aos modelos on-off road anteriores da marca – hodômetro total e parcial e luzes indicadoras (neutro, farol alto e piscas). Com esse conjunto, chama atenção por onde passa.

A altura garante boa posição de pilotagem, principalmente em congestionamentos ou tráfego intenso – evita que o guidão bata em retrovisores de carros. Além disso, a boa distribuição do peso da motocicleta dá estabilidade em curvas ou pequenas manobras.

A velocidade final da Bros deixa a desejar. Por ser mais pesada que a “prima” CG Titan – que tem o mesmo motor OHC (Over Head Camshaft) –, o velocímetro não passa de 110 km/h. Mesmo assim, é versátil e funcional como a Titan. O propulsor gera potência máxima de 14 cv a 8.000 rpm e torque máximo de 1,36 mkgf a 6.000 rpm, segundo a fabricante. Os pneus são largos (modelo MT-60) e proporcionam maior contato com o piso.

A moto também possui bons equipamentos de conforto. Aliados à altura do assento, os apoios para os pés do condutor e do garupa evitam cansaço em trajetos longos e amortecem a vibração do motor.

O novo design é um dos grandes diferenciais da moto. O conjunto dianteiro, formado pelo tanque de combustível recoberto por defletores associados ao pára-lama alto e à carenagem do farol, transmite sensação de robustez e espírito off-road.

Na parte traseira, a rabeta é alinhada com a lanterna, traço que passa a sensação de velocidade e leveza das formas. O escapamento tem saída elevada. No modelo 2007, possui protetor cromado em todas as versões – facilita a pilotagem em terreno surrado, inclusive no barro.

A NXR 150 Bros (versões KS e ES) é equipada com freios a tambor, que garantem baixo custo de manutenção. Já a versão ESD conta com freio dianteiro a disco, de acionamento hidráulico e duplo pistão, que proporciona maior capacidade de frenagem, com segurança e eficiência.

A nova motocicleta, que está disponível nas cores preta, azul e vermelha, tem preço sugerido de R$ 6.860 (KS), R$ 7.508 (ES) e R$ 7.880 (ESD). Os valores têm como base o Estado de São Paulo, sem frete e seguro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;