Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Suplente de Estevao é alvo de investigaçao da Justiça


Do Diário do Grande ABC

30/06/2000 | 01:04


O empresário Valmir Amaral (PMDB-DF), que vai ocupar a vaga do senador cassado Luiz Estevao (PMDB-DF), tem suas viagens e atividades profissionais monitoradas pela Justiça Federal desde outubro de 1998 por ter esbofeteado o servidor Valderi Monteiro de Oliveira, do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem. Até outubro deste ano, ele tem de se apresentar mensalmente ao juiz da 12ª Vara Federal, Marcus Vinicius Reis Bastos, para nao responder a processo judicial.  Dono de oito empresas de transporte, Amaral está no alvo de três investigaçoes instauradas pela Promotoria do Patrimônio Público do Distrito Federal.

Ele poderá responder a novas açoes judiciais sob as acusaçoes de ter ampliado mansao em área de preservaçao, construído garagem de ônibus e manter em operaçao 230 ônibus sem licitaçao.  A agressao ao servidor Valderi Monteiro de Oliveira ocorreu quando Amaral foi ao DNER reclamar contra a apreensao de um ônibus de suas empresas que estava fazendo transporte ilegal de passageiros em municípios vizinhos ao Distrito Federal.

O promotor Diógenes Antero Lourenço afirmou que o futuro senador poderá responder a açao de improbidade administrativa por ter obtido supostas vantagens do diretor do Departamento Metropolitano de Transporte Urbano, Leonardo Faria e Silva, ex-funcionário das empresas de Amaral. Segundo Lourenço, o DMTU, órgao do DF, concedeu linhas para as empresas do suplente sem licitaçao.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suplente de Estevao é alvo de investigaçao da Justiça

Do Diário do Grande ABC

30/06/2000 | 01:04


O empresário Valmir Amaral (PMDB-DF), que vai ocupar a vaga do senador cassado Luiz Estevao (PMDB-DF), tem suas viagens e atividades profissionais monitoradas pela Justiça Federal desde outubro de 1998 por ter esbofeteado o servidor Valderi Monteiro de Oliveira, do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem. Até outubro deste ano, ele tem de se apresentar mensalmente ao juiz da 12ª Vara Federal, Marcus Vinicius Reis Bastos, para nao responder a processo judicial.  Dono de oito empresas de transporte, Amaral está no alvo de três investigaçoes instauradas pela Promotoria do Patrimônio Público do Distrito Federal.

Ele poderá responder a novas açoes judiciais sob as acusaçoes de ter ampliado mansao em área de preservaçao, construído garagem de ônibus e manter em operaçao 230 ônibus sem licitaçao.  A agressao ao servidor Valderi Monteiro de Oliveira ocorreu quando Amaral foi ao DNER reclamar contra a apreensao de um ônibus de suas empresas que estava fazendo transporte ilegal de passageiros em municípios vizinhos ao Distrito Federal.

O promotor Diógenes Antero Lourenço afirmou que o futuro senador poderá responder a açao de improbidade administrativa por ter obtido supostas vantagens do diretor do Departamento Metropolitano de Transporte Urbano, Leonardo Faria e Silva, ex-funcionário das empresas de Amaral. Segundo Lourenço, o DMTU, órgao do DF, concedeu linhas para as empresas do suplente sem licitaçao.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;