Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Governo terá site com lista de crianças desaparecidas


Da Agência Brasil

15/11/2002 | 10:15


Pela primeira vez, o governo vai disponibilizar, pela Internet, listas de crianças desaparecidas e encontradas em todo o país. A partir da primeira semana de dezembro, o site do Ministério da Justiça terá um portal específico para isso.

Pelo site, será possível denunciar o sumiço dos menores. Bastará preencher uma ficha de cadastro, que estará disponível no portal, com o nome da criança ou do adolescente, o estado onde desapareceu, a data, a descrição de como estava vestida e, se tiver, uma foto. A denúncia seguirá para a delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente do estado, que verificará a ocorrência. As denúncias confirmadas vão entrar para a lista dos desaparecidos.

O portal também vai listar as crianças e adolescentes localizados. Muitas vezes, eles são encontrados em outro estado, ou desmemoriados e, por falta de uma rede de comunicação, não voltam para casa porque a família nem sabe que foram achados. O sistema vai ser útil também para oferecer, ao governo, estatísticas de quantas crianças sumiram no Brasil inteiro e quantas foram encontradas, o que indicará onde há necessidade de mais investimentos.

Os delegados de Proteção da Criança e do Adolescente dos estados é que vão alimentar a rede com as denúncias que confirmarem. Por isso, eles estiveram em Brasília, esta semana, num encontro promovido pelo Departamento da Criança e do Adolescente, da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, onde receberam instruções técnicas de como operar o sistema.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo terá site com lista de crianças desaparecidas

Da Agência Brasil

15/11/2002 | 10:15


Pela primeira vez, o governo vai disponibilizar, pela Internet, listas de crianças desaparecidas e encontradas em todo o país. A partir da primeira semana de dezembro, o site do Ministério da Justiça terá um portal específico para isso.

Pelo site, será possível denunciar o sumiço dos menores. Bastará preencher uma ficha de cadastro, que estará disponível no portal, com o nome da criança ou do adolescente, o estado onde desapareceu, a data, a descrição de como estava vestida e, se tiver, uma foto. A denúncia seguirá para a delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente do estado, que verificará a ocorrência. As denúncias confirmadas vão entrar para a lista dos desaparecidos.

O portal também vai listar as crianças e adolescentes localizados. Muitas vezes, eles são encontrados em outro estado, ou desmemoriados e, por falta de uma rede de comunicação, não voltam para casa porque a família nem sabe que foram achados. O sistema vai ser útil também para oferecer, ao governo, estatísticas de quantas crianças sumiram no Brasil inteiro e quantas foram encontradas, o que indicará onde há necessidade de mais investimentos.

Os delegados de Proteção da Criança e do Adolescente dos estados é que vão alimentar a rede com as denúncias que confirmarem. Por isso, eles estiveram em Brasília, esta semana, num encontro promovido pelo Departamento da Criança e do Adolescente, da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, onde receberam instruções técnicas de como operar o sistema.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;