Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com problemas na defesa e Fred no banco atleticano, Micale volta ao palco do ouro



21/08/2017 | 07:25


Um pouco mais aliviado depois de superar o Flamengo em seu último compromisso no Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro volta a campo nesta segunda-feira para enfrentar o Fluminense, na conclusão da 22ª rodada, com problemas no seu sistema defensivo, sem os seus "medalhões" no ataque e em um palco de consagração para o técnico Rogério Micale.

O treinador terá no banco de reservas no Maracanã dois atacantes com participações em Copas do Mundo pela seleção brasileira: Robinho e Fred. O treinador optou por não escalá-los desde o início, embora os tenha relacionado para o compromisso no Rio, e teve até uma conversa longa com ambos durante a semana.

A aposta de Micale é na manutenção do trio ofensivo formado por Cazares, Luan e Rafael Moura, que venceu o Flamengo por 2 a 0. A presença de Robinho no banco não surpreende porque ele faz uma temporada ruim, mas Fred poderia enfrentar o seu ex-clube após se livrar de uma lesão na panturrilha. Mas ficará como opção para o segundo tempo.

Além de deixar Robinho e Fred no banco de reservas, Micale perdeu dois zagueiros de uma vez: Gabriel e Felipe Santana. O titular ainda não está recuperado de uma pancada na costela sofrida no duelo contra o Flamengo, enquanto o reserva sofre com dores na coxa. Restou a ele, então, apostar em Bremer para atuar ao lado do experiente Leonardo Silva.

O treinador também não poderá contar com dois dos seus três volantes titulares: Rafael Carioca e Adilson, ambos suspensos. E as vagas deles serão ocupadas nesta segunda-feira por Roger Bernardo e Yago.

A partida no Maracanã terá caráter especial para Micale. Afinal, no último domingo, completou um ano da conquista do inédito ouro olímpico pela seleção brasileira nos Jogos do Rio, um feito que ajudou a elevar o status do treinador atleticano.

Agora no clube mineiro, ele sabe que precisa recuperar o time e levá-lo ao sonho de voltar a disputar a Copa Libertadores para dar o passo seguinte na sua carreira. O bom retrospecto do Atlético como visitante no Brasileirão, com quatro vitórias e apenas duas derrotas em nove jogos fora de casa, o ajuda a ter esperanças de ficar mais próximo do G6 após a partida desta segunda-feira no Maracanã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com problemas na defesa e Fred no banco atleticano, Micale volta ao palco do ouro


21/08/2017 | 07:25


Um pouco mais aliviado depois de superar o Flamengo em seu último compromisso no Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro volta a campo nesta segunda-feira para enfrentar o Fluminense, na conclusão da 22ª rodada, com problemas no seu sistema defensivo, sem os seus "medalhões" no ataque e em um palco de consagração para o técnico Rogério Micale.

O treinador terá no banco de reservas no Maracanã dois atacantes com participações em Copas do Mundo pela seleção brasileira: Robinho e Fred. O treinador optou por não escalá-los desde o início, embora os tenha relacionado para o compromisso no Rio, e teve até uma conversa longa com ambos durante a semana.

A aposta de Micale é na manutenção do trio ofensivo formado por Cazares, Luan e Rafael Moura, que venceu o Flamengo por 2 a 0. A presença de Robinho no banco não surpreende porque ele faz uma temporada ruim, mas Fred poderia enfrentar o seu ex-clube após se livrar de uma lesão na panturrilha. Mas ficará como opção para o segundo tempo.

Além de deixar Robinho e Fred no banco de reservas, Micale perdeu dois zagueiros de uma vez: Gabriel e Felipe Santana. O titular ainda não está recuperado de uma pancada na costela sofrida no duelo contra o Flamengo, enquanto o reserva sofre com dores na coxa. Restou a ele, então, apostar em Bremer para atuar ao lado do experiente Leonardo Silva.

O treinador também não poderá contar com dois dos seus três volantes titulares: Rafael Carioca e Adilson, ambos suspensos. E as vagas deles serão ocupadas nesta segunda-feira por Roger Bernardo e Yago.

A partida no Maracanã terá caráter especial para Micale. Afinal, no último domingo, completou um ano da conquista do inédito ouro olímpico pela seleção brasileira nos Jogos do Rio, um feito que ajudou a elevar o status do treinador atleticano.

Agora no clube mineiro, ele sabe que precisa recuperar o time e levá-lo ao sonho de voltar a disputar a Copa Libertadores para dar o passo seguinte na sua carreira. O bom retrospecto do Atlético como visitante no Brasileirão, com quatro vitórias e apenas duas derrotas em nove jogos fora de casa, o ajuda a ter esperanças de ficar mais próximo do G6 após a partida desta segunda-feira no Maracanã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;