Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras sofre, mas bate
a Fiorentina no Pacaembu

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Verdão faz 2 a 1 nos italianos ontem, em partida
válida pelo torneio amistoso Copa EuroAmericana


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

31/07/2014 | 07:00


O Palmeiras sofreu, mas venceu a Fiorentina por 2 a 1, ontem à noite, no Estádio do Pacaembu, em jogo válido pela Copa EuroAmericana. Com o resultado, o Verdão empatou o torneio amistoso, com quatro vitórias para os europeus e o mesmo número para os americanos. No sábado, a Fiorentina volta a campo, desta vez contra o Universitario, do Peru, para decidir qual continente fatura o título.

Superior tecnicamente, a Fiorentina começou melhor e foi dona da partida nos primeiros minutos do duelo. O volume de jogo quase deu resultado aos 11 minutos. Após boa troca de passes entre Joaquín e Pasqual, Babacar recebeu sozinho na grande área, mas quis enfeitar e acabou mandando a bola para fora.

O castigo, porém, veio rápido. Aos 13, Victor Luis, que teve seu contrato renovado ontem (leia mais ao lado), percebeu uma brecha na marcação italiana e arriscou de longe, no canto esquerdo do goleiro brasileiro Neto: 1 a 0.

Com o gol, o Verdão equilibrou as ações e passou a ameaçar mais. Com 36 minutos, Leandro arrancou pelo meio, fintou um zagueiro e só rolou para o fundo das redes italianas no Pacaembu.

Na segunda etapa, as equipes caíram muito de rendimento e o confronto perdeu em qualidade, principalmente pelo lado italiano, já que o técnico Montella fazia as alterações as quais tinha direito.

Aos 15 minutos, Ilicic arriscou de fora da área e exigiu boa defesa de Fábio. O meia deu lugar a Rossi que, em seu primeiro toque na bola, colocou Pasqual na cara de Fábio, mas o lateral-esquerdo carimbou a trave palmeirense no Pacaembu.

Aos 20, o meia Bernardo, que também havia acabado de entrar, soltou a bomba de fora da área e Neto praticou boa defesa.

A Fiorentina retomou o controle da partida e diminuiu a desvantagem aos 27. Babacar deu bom passe para Rossi, que ganhou da zaga no corpo a corpo e só tirou do goleiro Fábio: 2 a 1.

Os italianos quase chegaram ao empate aos 37. Em jogada de falta ensaiada, Tomovic saiu na cara de Fábio, mas acabou mandando para fora.

Apesar da pressão, o Verdão conseguiu segurar o resultado e o capitão Wesley levantou o Troféu Júlio Botelho pela vitória. A taça é uma homenagem e faz referência ao ex-atacante, que passou pelo Palmeiras antes de jogar na Fiorentina. Depois, retornou ao Verdão, onde encerrou a carreira em 1967 tendo colecionado, entre outros títulos, um Campeonato Brasileiro e um Italiano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras sofre, mas bate
a Fiorentina no Pacaembu

Verdão faz 2 a 1 nos italianos ontem, em partida
válida pelo torneio amistoso Copa EuroAmericana

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

31/07/2014 | 07:00


O Palmeiras sofreu, mas venceu a Fiorentina por 2 a 1, ontem à noite, no Estádio do Pacaembu, em jogo válido pela Copa EuroAmericana. Com o resultado, o Verdão empatou o torneio amistoso, com quatro vitórias para os europeus e o mesmo número para os americanos. No sábado, a Fiorentina volta a campo, desta vez contra o Universitario, do Peru, para decidir qual continente fatura o título.

Superior tecnicamente, a Fiorentina começou melhor e foi dona da partida nos primeiros minutos do duelo. O volume de jogo quase deu resultado aos 11 minutos. Após boa troca de passes entre Joaquín e Pasqual, Babacar recebeu sozinho na grande área, mas quis enfeitar e acabou mandando a bola para fora.

O castigo, porém, veio rápido. Aos 13, Victor Luis, que teve seu contrato renovado ontem (leia mais ao lado), percebeu uma brecha na marcação italiana e arriscou de longe, no canto esquerdo do goleiro brasileiro Neto: 1 a 0.

Com o gol, o Verdão equilibrou as ações e passou a ameaçar mais. Com 36 minutos, Leandro arrancou pelo meio, fintou um zagueiro e só rolou para o fundo das redes italianas no Pacaembu.

Na segunda etapa, as equipes caíram muito de rendimento e o confronto perdeu em qualidade, principalmente pelo lado italiano, já que o técnico Montella fazia as alterações as quais tinha direito.

Aos 15 minutos, Ilicic arriscou de fora da área e exigiu boa defesa de Fábio. O meia deu lugar a Rossi que, em seu primeiro toque na bola, colocou Pasqual na cara de Fábio, mas o lateral-esquerdo carimbou a trave palmeirense no Pacaembu.

Aos 20, o meia Bernardo, que também havia acabado de entrar, soltou a bomba de fora da área e Neto praticou boa defesa.

A Fiorentina retomou o controle da partida e diminuiu a desvantagem aos 27. Babacar deu bom passe para Rossi, que ganhou da zaga no corpo a corpo e só tirou do goleiro Fábio: 2 a 1.

Os italianos quase chegaram ao empate aos 37. Em jogada de falta ensaiada, Tomovic saiu na cara de Fábio, mas acabou mandando para fora.

Apesar da pressão, o Verdão conseguiu segurar o resultado e o capitão Wesley levantou o Troféu Júlio Botelho pela vitória. A taça é uma homenagem e faz referência ao ex-atacante, que passou pelo Palmeiras antes de jogar na Fiorentina. Depois, retornou ao Verdão, onde encerrou a carreira em 1967 tendo colecionado, entre outros títulos, um Campeonato Brasileiro e um Italiano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;