Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ratos ajudam cientistas a produzir óvulos humanos


Do Diário do Grande ABC

26/06/2000 | 09:38


Os ratos estao sendo usados para produzir óvulos humanos. Segundo cientistas, a técnica pode ser mais eficiente do que o uso de óvulos congelados para fertilizaçao em proveta.

Os tecidos, e os óvulos que ele contêm, podem ser mantidos vivos nos ratos até que sejam necessários. Entao, pode-se dar drogas fertilizantes aos ratos e fazer com os óvulos se reproduzam para ser usados em fertilizaçao in vitro.

Uma equipe de cientistas de Toronto, no Canadá, conseguiu descongelar tecido ovariano e entao implantá-lo em ratos e produzir, assim, os óvulos.

As informaçoes sao da BBC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ratos ajudam cientistas a produzir óvulos humanos

Do Diário do Grande ABC

26/06/2000 | 09:38


Os ratos estao sendo usados para produzir óvulos humanos. Segundo cientistas, a técnica pode ser mais eficiente do que o uso de óvulos congelados para fertilizaçao em proveta.

Os tecidos, e os óvulos que ele contêm, podem ser mantidos vivos nos ratos até que sejam necessários. Entao, pode-se dar drogas fertilizantes aos ratos e fazer com os óvulos se reproduzam para ser usados em fertilizaçao in vitro.

Uma equipe de cientistas de Toronto, no Canadá, conseguiu descongelar tecido ovariano e entao implantá-lo em ratos e produzir, assim, os óvulos.

As informaçoes sao da BBC.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;