Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Para técnico, fato de o Netuno ser debutante na Série A-2 não ajudou

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Márcio Ribeiro acredita que rivais já conheciam o elenco da equipe


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

17/04/2015 | 07:00


Em quinto lugar na Série A-2 do Campeonato Paulista, com 29 pontos, o Água Santa ainda briga pelo acesso e faz excelente campanha para um clube que é debutante na competição. O fato de 2015 ser o primeiro ano do Netuno na divisão, no entanto, não facilitou o trabalho da equipe diademense para chegar aos bons resultados.

“Acho que não (colaborou). Não é pelo nome, mas sim pelo plantel que montamos, pelos jogadores que continuaram e os que vieram. Eles já jogaram campeonatos como a Série A-2 e todos conheciam. Talvez para os torcedores que não conheciam o Água Santa tenha sido uma surpresa, mas não para as equipes”, afirmou o técnico Márcio Ribeiro, que comanda o clube desde a profissionalização, no fim de 2011.

Para o treinador, além dos atletas que chegaram, sua própria experiência na divisão pode ter colaborado para o Netuno não ter sido beneficiado pelo desconhecimento das demais agremiações.

“Acho que o fato de os adversários terem conhecimento da forma como a equipe estava sendo montada pode ter prejudicado um pouco. O pessoal sabia que o Água Santa viria forte para a competição. Não fossem as derrotas para Batatais e São Caetano, em casa, poderíamos ter uma condição melhor para brigar pelo acesso”, destacou.

O próximo confronto do clube diademense na Série A-2 será às 16h de amanhã, contra o Atlético Sorocaba, no Interior. O Netuno está a somente um ponto do Novorizontino, quarto e último colocado da zona de acesso da competição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para técnico, fato de o Netuno ser debutante na Série A-2 não ajudou

Márcio Ribeiro acredita que rivais já conheciam o elenco da equipe

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

17/04/2015 | 07:00


Em quinto lugar na Série A-2 do Campeonato Paulista, com 29 pontos, o Água Santa ainda briga pelo acesso e faz excelente campanha para um clube que é debutante na competição. O fato de 2015 ser o primeiro ano do Netuno na divisão, no entanto, não facilitou o trabalho da equipe diademense para chegar aos bons resultados.

“Acho que não (colaborou). Não é pelo nome, mas sim pelo plantel que montamos, pelos jogadores que continuaram e os que vieram. Eles já jogaram campeonatos como a Série A-2 e todos conheciam. Talvez para os torcedores que não conheciam o Água Santa tenha sido uma surpresa, mas não para as equipes”, afirmou o técnico Márcio Ribeiro, que comanda o clube desde a profissionalização, no fim de 2011.

Para o treinador, além dos atletas que chegaram, sua própria experiência na divisão pode ter colaborado para o Netuno não ter sido beneficiado pelo desconhecimento das demais agremiações.

“Acho que o fato de os adversários terem conhecimento da forma como a equipe estava sendo montada pode ter prejudicado um pouco. O pessoal sabia que o Água Santa viria forte para a competição. Não fossem as derrotas para Batatais e São Caetano, em casa, poderíamos ter uma condição melhor para brigar pelo acesso”, destacou.

O próximo confronto do clube diademense na Série A-2 será às 16h de amanhã, contra o Atlético Sorocaba, no Interior. O Netuno está a somente um ponto do Novorizontino, quarto e último colocado da zona de acesso da competição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;