Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Papéis de empresas brasileiras tiveram forte queda em Nova York na segunda-feira

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/02/2020 | 07:53


Os papéis de empresas brasileiras fecharam a segunda-feira, 24, com fortes perdas em Nova York, em meio aos temores gerados pela rápida disseminação do coronavírus, que provocou forte estresse no mercado financeiro internacional. O American Depositary Receipt (ADR) - recibos que representam ações e são negociados na Bolsa de Valores de Nova York - da Vale ficou com uma das maiores perdas do dia, de 7,53%. O papel da Petrobras fechou em baixa de 6,77%.

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes, embora menores que as de Petrobras e Vale. O ADR do Itaú recuou 3,67%, o do Bradesco perdeu 3,31% e o do Santander caiu 4,21%.

Para o diretor de Operações da gestora Mirae Asset, Pablo Spyer, mesmo com a Bolsa e o mercado de juros futuros e câmbio fechados aqui, por conta do carnaval, é possível ter uma ideia de como seriam as perdas caso estivessem em operação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Papéis de empresas brasileiras tiveram forte queda em Nova York na segunda-feira


25/02/2020 | 07:53


Os papéis de empresas brasileiras fecharam a segunda-feira, 24, com fortes perdas em Nova York, em meio aos temores gerados pela rápida disseminação do coronavírus, que provocou forte estresse no mercado financeiro internacional. O American Depositary Receipt (ADR) - recibos que representam ações e são negociados na Bolsa de Valores de Nova York - da Vale ficou com uma das maiores perdas do dia, de 7,53%. O papel da Petrobras fechou em baixa de 6,77%.

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes, embora menores que as de Petrobras e Vale. O ADR do Itaú recuou 3,67%, o do Bradesco perdeu 3,31% e o do Santander caiu 4,21%.

Para o diretor de Operações da gestora Mirae Asset, Pablo Spyer, mesmo com a Bolsa e o mercado de juros futuros e câmbio fechados aqui, por conta do carnaval, é possível ter uma ideia de como seriam as perdas caso estivessem em operação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;