Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Grupo armado iraquiano ameaça atacar o Vaticano e Roma


Da AFP

16/09/2006 | 11:09


Um grupo armado iraquiano, Jaiech al-Mujahedin, ameaçou em um comunicado divulgado neste sábado cometer atentados contra Roma e o Vaticano, em resposta às palavras do Papa Bento XVI sobre o Islã a guerra santa.

"Juramos destruir sua Cruz no coração de Roma (...) e que o Vaticano será atacado e vai chorar por seu Papa", afirma o texto divulgado na Internet, que critica duramente os "cristãos 'sionizados' e os cruzados cheios de ódio".

O grupo também jogou na Internet seis vídeos ilustrando operações que têm como alvos posições militares dos Estados Unidos, "dedicadas ao cachorro dos cruzados (o Papa), em resposta a suas palavras".

"Só descansaremos quando vossos tronos e vossas cruzes estiverem destruídas, em vosso próprio território", ameaça o grupo, conhecido pelas operações contra as tropas americanas e governamentais no Iraque.

O documento foi divulgado antes do Papa ter afirmado lamentar profundamente que alguns trechos de seu discurso tenham parecido ofensivos à sensibilidade dos fiéis muçulmanos.

As palavras de Bento XVI sobre o Islã e a jihad (guerra santa), estabelecendo relações entre religião e violência, provocaram uma onda de indignação no mundo muçulmano.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;