Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC rejeita 'passaporte da vacina' e mantém restrições até 15 de setembro

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estabelecimentos comerciais poderão funcionar até 0h, com ocupação presencial de 80%


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

26/08/2021 | 13:08


Durante assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (26), o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC rejeitou de maneira unanime a obrigatoriedade do ''passaporte da vacina'' na região.  O documento é uma espécie de comprovante de imunização contra a Covid-19 para liberação da entrada de público em eventos e estabelecimentos comerciais.  No encontro, os municípios  também decidiram manter as restrições para os serviços não essenciais até 15 de setembro. São Caetano não participou da assembleia e continuará seguindo o Plano São Paulo, elaborado pelo Governo do Estado.

Os estabelecimentos comerciais das cinco cidades da região, Mauá, Santo André, Diadema, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires funcionarão com capacidade limitada em 80%; horário de funcionamento até 0h e obrigatoriedade do uso de máscara. Já o município de São Bernardo manterá medidas ainda mais restritivas, as atividades econômicas estão autorizadas a funcionar das 6h às 22h, com tolerância até às 23h, e ocupação máxima de 60%. A Administração avaliará na próxima semana se irá manter as restrições.

A não flexibilização das medidas restritivas é uma tentativa dos municípios para manter a pandemia sobre controle e avançar na vacinação contra Covid-19 no Grande ABC.

Em relação a rejeição da obrigatoriedade do ''''passaporte da vacina'''', o prefeito de Santo André e presidente do Consórcio, Paulo Serra (PSDB), declarou que as prefeituras pretendem implantar ações educativas, em parceria com empresários, para conscientizar os clientes. “Vamos trabalhar com campanhas educativas com os estabelecimentos comerciais para que eles informem os clientes sobre a importância da vacinação até mesmo para frequentar esses locais”, declarou o presidente do Consórcio.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;