Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia reconstitui crime contra segurança do filho de Lula


Evandro De Marco
Especial para o Diário

15/12/2004 | 09:20


A Polícia do Exército fez nesta terça a reconstituição do assassinato do subtenente do Exército, Alcir José Tomasi, baleado na cabeça enquanto fazia a segurança do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Sandro Inácio da Silva, no ano passado. O fato ocorreu em frente à casa da namorada de Sandro, na rua México, no bairro de Utinga, em Santo André, enquanto os seguranças aguardavam a saída do rapaz.

O pedido para a realização da reconstituição partiu do Superior Tribunal Militar e atenderia à solicitação dos advogados de defesa dos acusados - Matson Rodrigo Alcântara Ribeiro e Diego Neiva Daniel -, que apelaram da condenação. "Recebemos esta missão e estamos fazendo a reconstituição. Mas tudo leva a crer que foi mesmo uma tentativa de roubo do automóvel (um Astra, alugado pela Presidência) que acabou vitimando o subtenente Alcir José Tomasi", afirma o coronel Pádua Melo, do Departamento de Segurança da Presidência.

Participaram do passo a passo do crime algumas testemunhas, entre elas, a mais importante, o cabo Nivaldo Ferreira Santos, que estava com o subtenente e foi ferido pelos acusados, que acabaram levando o carro e foram presos no bairro de Heliópolis, zona Sul da capital, após denúncia anônima.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;