Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

‘Encantada’ é hilário conto de fadas no mundo real



14/12/2007 | 07:02


Ela é a nova Julie Andrews. Pelo menos essa é a opinião do ator Patrick Dempsey sobre a atriz Amy Adams, que divide com ele a cena principal de Encantada, a mais nova produção da Disney que estréia nesta sexta-feira e tem direção de Kevin Lima (que já assinou sucessos como Tarzan). Misto de Branca de Neve, Bela Adormecida e Cinderela, que é, a propósito, a personagem dos contos de fada favorita de Amy, sua personagem, a princesa Giselle, nada mais é que uma garota romântica perdida no labirinto frenético e cínico de uma metrópole. Qualquer semelhança com o mundo real não é, mesmo, mera coincidência.

Trata de forma mais que bem-humorada o mais velho dos temas dos contos de fadas: a tarefa hercúlea de uma garota encontrar, e ser feliz para sempre, um príncipe encantado. É uma história universal, que une fantasia, desenho animado, filme e atores ‘de verdade’ e a realidade frenética de Manhattan. Mas, no fim, é uma história de amor.

“Temos de aprender a enxergar que a magia do amor ainda existe. E deixar que entre em nossa vida", declarou Dempsey, depois de ser questionado sobre como ainda acreditar no príncipe encantado quando a realidade de milhões de garotas não está muito distante daquela à qual é condenada a princesa Giselle pela rainha (ou a sogra) má, vivida deliciosamente por Susan Sarandon: viver em Manhattan, um lugar onde não há final feliz.

Na verdade, a sogra que não quer que seu filho, o príncipe Edward (James Marsden, perfeito no papel do príncipe politicamente correto e filhinho da mamãe), case-se com Giselle e, como castigo, manda a moça para a sarjeta, ou seja, o mundo real.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

‘Encantada’ é hilário conto de fadas no mundo real


14/12/2007 | 07:02


Ela é a nova Julie Andrews. Pelo menos essa é a opinião do ator Patrick Dempsey sobre a atriz Amy Adams, que divide com ele a cena principal de Encantada, a mais nova produção da Disney que estréia nesta sexta-feira e tem direção de Kevin Lima (que já assinou sucessos como Tarzan). Misto de Branca de Neve, Bela Adormecida e Cinderela, que é, a propósito, a personagem dos contos de fada favorita de Amy, sua personagem, a princesa Giselle, nada mais é que uma garota romântica perdida no labirinto frenético e cínico de uma metrópole. Qualquer semelhança com o mundo real não é, mesmo, mera coincidência.

Trata de forma mais que bem-humorada o mais velho dos temas dos contos de fadas: a tarefa hercúlea de uma garota encontrar, e ser feliz para sempre, um príncipe encantado. É uma história universal, que une fantasia, desenho animado, filme e atores ‘de verdade’ e a realidade frenética de Manhattan. Mas, no fim, é uma história de amor.

“Temos de aprender a enxergar que a magia do amor ainda existe. E deixar que entre em nossa vida", declarou Dempsey, depois de ser questionado sobre como ainda acreditar no príncipe encantado quando a realidade de milhões de garotas não está muito distante daquela à qual é condenada a princesa Giselle pela rainha (ou a sogra) má, vivida deliciosamente por Susan Sarandon: viver em Manhattan, um lugar onde não há final feliz.

Na verdade, a sogra que não quer que seu filho, o príncipe Edward (James Marsden, perfeito no papel do príncipe politicamente correto e filhinho da mamãe), case-se com Giselle e, como castigo, manda a moça para a sarjeta, ou seja, o mundo real.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;